sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Sexo Anal: Dicas e Dúvidas



Sexo Anal...
Fazer ou Não Fazer...
Prazer ou Dor...
Eis a questão...

Bom-dia! 
Navegando na Net, encontrei esse artigo sobre Sexo Anal, dicas e dúvidas.
Espero que gostem!

Muitas mulheres têm vontade de experimentar o sexo anal, e muitos homens gostariam de fazê-lo com suas parceiras, mas não sabem bem por onde começar, e possuem muitas dúvidas. Aqui vão algumas dicas para quem está querendo experimentar:

1. A mulher tem que estar muito à vontade com o parceiro, tem de haver cumplicidade e entrega. Precisa estar com tesão e bem relaxada caso contrário pode doer.
2. Usar um lubrificante à base de água é importante.
3. Nunca penetrar a vagina depois de fazer anal. Pode ocasionar infecções. O ideal é usar camisinha pro anal e depois trocar por outra pra poder penetrar a vagina.
4. Começar com um dedo, depois dois, e só depois começar a colocar a cabeça do pênis. Tem que ser devatarzinho, a mulher controlando a penetração é o ideal.
5. Não meter com força.
6. Massagear o clitóris da mulher é importante, para que ela atinja o orgasmo. Nem sempre dá pra gozar apenas com a penetração anal, apesar de ser muito prazerosa.
7. Se você não gostar e não quiser praticar novamente, diga NÃO e pronto. Essa é uma escolha sua.

Para o sexo anal ficar ainda mais gostoso, é importante escolher uma posição agradável. Se ela for criativa, melhor ainda. Confira algumas sugestões do Kama Sutra.


De joelho

A mulher coloca os cotovelos e joelhos no solo, com o quadril levantado. O homem se ajoelha atrás, segura a mulher pelo quadril e começa a penetração devagar. Quando a mulher se sentir confortável, os movimentos podem ser mais intensos e a penetração mais profunda.


Em pé

A mulher fica de pé, com o corpo inclinado e as pernas um pouco flexionadas. As mãos podem tocar o chão ou serem apoiadas em algum lugar. É uma posição que excita, pois a mulher fica completamente passiva e o homem toma controle da situação.


Sentado

Essa posição é legal para mulheres que ainda não têm segurança no sexo anal. Em cima do homem, ela pode controlar a penetração e os movimentos. O homem deve se sentar com as pernas flexionadas e os braços abertos, enquanto a mulher senta em cima dele e inclina o corpo para trás.

Deitado

Deitada de lado, a mulher deve jogar o quadril para trás e flexionar as pernas. O homem encaixa e penetra devagar, até que o ânus relaxe e a mulher peça para aumentar o ritmo sexual.

Brinquedinhos:

Plug anal para iniciantes


O plug é o tradicional brinquedinho sexual cuja finalidade é “esquentar” o sexo anal. Este modelo é pequeno e apropriado para quem desejar começar a praticar.

Uma dica para começar o anal é introduzir primeiro o dedo, mas com este plug a transa pode ficar mais divertida. Lambuze-o com lubrificante e introduza devagar. Quando menos esperar, ele estará completamente dentro do ânus. E como o tamanho é reduzido, a chance de sentir dor é menor. 


Bolinhas para Anal
As bolinhas para anal são uma espécie de plug incrementado pelas saliências esféricas. Após lubrificadas, as bolinhas são empurradas uma a uma para dentro do ânus. Claro que todo o processo é feito com calma e saboreando cada momento de prazer. Depois de estarem todas no ânus, elas podem ser puxadas de uma única vez ou uma a uma. Aí depende da preferência de cada um.

Plug anal grande

 

O plug com diâmetro mais avantajado é usado entre casais que já fazem o sexo anal, mas querem colocar brincadeirinhas no jogo sexual. A "delicadeza" sempre deve ser levada em consideração durante o anal, ainda mais quando o tamanho do plug aumenta.

Com o plug devidamente lubrificado, ele deve ser empurrado para dentro do ânus. Para evitar a dor, coloque um pouquinho e deixe ela se acostumar com o brinquedinho dentro dela. Depois, ponha um pouquinho mais fundo, até sua completa penetração.

Dúvidas mais freqüentes

1 - Quais os cuidados que devem ser tomados?

É preciso ter cuidado para evitar que o pênis transporte bactérias que habitam o ânus para a vagina. Ou seja, a camisinha deve ser usada sempre e trocada a cada vez. Jamais passe da penetração anal para a vaginal sem antes trocar o preservativo. Do contrário, as bactérias que sobrevivem no ânus sem causar danos à saúde podem provocar infecções sérias. A limpeza interna do ânus não é necessária - apenas os cuidados higiênicos normais, como manter-se limpo após evacuar e tomar banho diariamente.


2- Há algum jeito de doer menos?

Quanto mais relaxada a pessoa estiver, menor é a probabilidade de haver dor. Isso vai depender, também, da delicadeza do parceiro ao penetrar. Uma técnica de relaxamento bastante eficiente consiste em estender as carícias preliminares à região anal. Beijos, toques suaves e, depois, a introdução de um dedo, apenas. Devagar e sem pressa. Pode-se introduzir um, depois dois ou três dedos - sempre com suavidade e observando se o parceiro está confortável. Depois disso, vem a penetração do pênis. As carícias ajudam a relaxar e a introdução do dedo faz com que o esfíncter (músculo que circunda a entrada do ânus) se contraia e, nos instantes seguintes, relaxe.

Outro fator fundamental é a lubrificação. O ânus, ao contrário da vagina, não possui lubrificação natural e não fica "molhado" à medida que a pessoa se excita. Portanto, é necessário utilizar um gel lubrificante à base de água, pois eles podem ser usados com a camisinha, sem danificá-la.



3- Qual posição facilita a penetração?

O ideal é escolher a posição em que a pessoa se sinta mais confortável e relaxada. De joelhos apoiada nos braços, a tradicional "de quatro" (de joelhos, com os braços esticados e as mãos apoiadas na cama), deitada de bruços com travesseiros ou almofadas sob a barriga para levantar a parte inferior do corpo. Tudo depende da combinação entre os parceiros.


4- É possível chegar ao orgasmo com sexo anal?

Claro que sim. A região anal é cheia de terminações nervosas e muito sensível aos toques eróticos. Qualquer tipo de carícia no ânus pode ser extremamente prazerosa. Mas isso se a pessoa estiver excitada e relaxada, fator fundamental para que a penetração não seja dolorosa.

5- É correto o uso de produtos que anestesiem o local?

Anestésicos são contra-indicados nesse caso. Para não sentir dor, há outras técnicas, como a lubrificação, por exemplo. Nas sex shops, existem alguns géis para sexo oral que trazem leves doses de substâncias anestésicas em sua composição. Mas seu uso não é aconselhável. Anestesiado, você não sentirá dor, mas também não sentirá prazer.


6- Para quem é mais prazeroso o sexo anal: homem ou mulher?

Pode ser igualmente prazeroso para os dois. No caso das mulheres, o parceiro ou ela mesma pode estimular o clitóris simultaneamente à penetração anal para aumentar o prazer.

7- Sexo anal faz mal à saúde?

Não, desde que sejam respeitadas algumas “regras” de conforto. O sexo anal deve ser feito com muita lubrificação, já que não há umidade natural. Pode-se usar um gel a base de água, que se encontra em farmácia.

Convém destacar que o uso da camisinha é fundamental também para evitar doenças sexualmente transmissíveis, já que o sexo anal é considerado um dos principais meios de contágio, pois a prática provoca microcortes que são portas de entrada para vírus e bactérias. Esses microcortes cicatrizam-se naturalmente em poucos dias.


8- Há risco de o preservativo romper?

Sim. No sexo anal não existe a mesma lubrificação que ocorre na penetração vaginal. Como o atrito é maior, é também maior a possibilidade de ruptura do preservativo. Por isso, insiste-se no uso de lubrificantes à base de água, vendido em farmácias. Por ser à base de água, eles não danificam a camisinha e cumprem a função de facilitar a penetração.

9- Adoro sexo anal, mas minha mulher sempre evita. O que eu devo fazer?

Para a mulher aceitar o sexo anal, ela precisa estar disposta a iniciar essa prática. Para melhorar essa relação, comece apenas com a introdução de um dedo e pare, não fique mexendo. Faça isso até que ela se acostume com a sensação. Alguns dias depois, tente com dois dedos, mas sem fazer movimentos. Quando ela se sentir mais segura, você pode tentar introduzir o pênis.

10-  Morro de medo, mas meu namorado insiste. Como eu faço para relaxar?

O primeiro passo é verificar se há uma cumplicidade entre o parceiro e você. Ele precisa ir devagar, com calma e paciência. E tem de estar disposto a parar assim que você pedir, caso você desista.

11-  Não sei se quero, mas meu parceiro insiste. O que eu faço?

Fazer algo que não quer só para agradar o parceiro está longe de ser uma boa idéia. Não há como sentir prazer dessa maneira. Se você está em dúvida e tem medo de experimentar, é diferente.

12- Sexo anal provoca hemorróidas? E em quem já sofre do problema, a penetração anal pode agravar a situação?

Não, a prática do sexo anal não causa o aparecimento de hemorróidas. A hemorróida é a dilatação de uma veia da região anal e, se o sexo anal for feito no período da inflamação, causará muita dor e pode agravar o quadro. Mas em outros momentos, quando não há inflamação, pode ser praticado sem problemas.

13- Acho sexo anal imoral. É mesmo?

Não. Isso é mito. Sexo anal é alvo de inúmeros preconceitos e de diversas críticas, quase todas sem razão. Muitas mulheres e também muitos homens sentem prazer no contato com o ânus, mas isso freqüentemente desperta sentimento de culpa ou a sensação de estar fazendo algo errado. Não é errado. Se você deseja fazer, não há porque sentir culpa ou medo.

14- Qual a melhor forma de dizer não?

Simplesmente dizendo. Isso mesmo. É deste jeito, com todas as letras: "não quero". Isso vale para qualquer coisa na cama. Quando a gente não está a fim, a melhor saída é abrir o jogo e estabelecer limites. E a maneira mais indicada para fazer isso é falar clara e abertamente sobre o assunto

15- Sexo anal engravida?

Sexo anal não engravida. O esperma não consegue atingir os ovários tendo como porta de entrada o ânus. Não há ligação. O esperma só engravida quando entra no corpo pela vagina.
 
 
 
 

Uma Genial, Fenomenal e Piramidal, Sexta-Feira!!!

Beijos doces,

Ayesk@

6 comentários:

Anjos Maus disse...

Show de postagem Ruivinha!!!
Sexo anal, um Tanto Quanto polémico...
Mas muito gostoso para as duas partes desde que seja ben feito.
Sou meio suspeito para falar.
beijos a você....

aldrey disse...

Muito bom o post!!Dá pra tirar muitas dúvidas....bjss querida

Paganelli disse...

As dicas são muito boas, vale a pena seguir!
Mas eu tirei todas ás minhas duvidas sobre anal na faculdade com uma grande amiga! (risadas)
Hoje em dia faço com gosto e adoro!

Quer saber mais? Acesse: www.esposaitaliana.blogspot.com

Ayesk@ disse...

Filhot@ tarda, mas não falha viu Papys!!!

Concordo, desde que seja bem feito rsrs

Beijos doces!

Ayesk@ disse...

Oiee Aldrey, obrigada pelo carinho querida!

Beijos doces!

Ayesk@ disse...

Oieee Paganelli, obrigada pelo carinho e desculpe a demora em responder.
Estarei te visitando!!!
Obrigada pelo carinho!

beijos doces,