segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Amante Surreal




  A luz da lua penetrava por entre as cortinas de renda; formando delicadas formas sobre a colcha, banhava o quarto com reflexos e desenhava suaves sombras no chão.
  O sonho embalava meu sono.
  E naquele estado inconsciente entre o sono e o sonho eu o vi.
  Ele levou minha mão à sua boca, girou-a e  beijou com ternura a palma da minha mão. Lambeu e colocou cada um dos meus dedos, um após o outro, em sua boca. Senti-me desabar contra ele porque minhas pernas já não me sustentavam.
 Ele me rodeou com o braço e deitou-se com todo o peso sobre o meu corpo de modo que pudesse sentir-me, cheirar-me e absorver-me. Apoiou-se sobre os cotovelos e lambeu meus lábios. Mordiscou meu lábio superior. Em seguida beijou com ternura minhas pálpebras e bochechas. Apoderou-se de novo da minha boca e desta vez tomou posse dela com um forte e exigente beijo. Colocou a língua em minha boca e a passou pela suave parte interior da bochecha, de tal modo que ele começou a gemer. Levantou-se e ficou de pé rapidamente. Estendeu as mãos e me fez levantar. 
Quando o olhei, ele sorria e indicava com o dedo para que me aproximasse. Me aproximei lentamente, agarrei sua mão e levei um dedo à boca.
 —É uma garota muito má — disse muito baixo.
 —Entretanto, confie em mim; sabe que te tratarei com delicadeza. Baixou a cabeça um pouco mais e deu-me um suave beijo.
 —Preciso vê-la — disse com voz baixa. Pondo as mãos em minha cintura, tirou lentamente minha camiseta.
 Inclinou-se e agarrou um dos meus mamilos com a língua enquanto beliscava o outro com o polegar e indicador. Aplicava uma pressão muito ligeira, mas bastava para fazer-me retorcer-me. Com os polegares baixou o sutiã para deixar expostos meus seios com mamilos rígidos. Esfregou a ponta dos mamilos com os polegares. Colocou a boca em um e logo no outro e soltei um gemido de prazer.
 Tanto meu corpo quanto minha mente, encontravam-se perdidos em meio a uma névoa sensual e não podia me concentrar em, mais nada, a não ser naquela boca que tanto prazer me proporcionava. Cada vez que ele chupava ou sugava, um tremor atravessava meu corpo e se centrava no clitóris. Senti como se inchava a cada puxão e como gotejava no centro do meu ser.
 Ele tirou o sutiã, acariciou minha pele. Ante as sensações que percorriam meu corpo, joguei a cabeça para trás e ele mordiscou meu pescoço.
 Com o meu sutiã no chão, embalou meus seios com as mãos grandes. Sustentou-os e os juntou para poder espremê-los e brincar com eles.
 
 Era demais para mim! Explodi num grito. Evitei  olha-lo nos olhos, envergonhada com o gozo rápido.
 —Naõ fique assim. Saiba que para mim foi a melhor experiência de minha vida. Pode imaginar o que senti? Ainda não estive sequer dentro de você e já pude sentir o calor te atravessando. Saber que pode alcançar o orgasmo, sem que eu te penetre, só com o tato de minhas mãos, te acariciando... É incrível!
 Ele pôs as mãos em minha face e atraiu minha boca para a dele. Com a língua seguiu a linha dos meus lábios e mordiscou meu lábio inferior. Abri a boca permitindo sua entrada, mas ele não se apressou. Acariciou minha boca como um artista teria feito com sua obra-prima. Beijou-me, passando pelo pescoço e mais abaixo. Assegurou-se de beijar cada uma das minhas sardas em meus ombros. Pôs a língua sobre a pele suave e foi lambendo de sarda em sarda.
 
 Estremeci quando ele se ajoelhou e começou a beijar-me e mordiscar-me para baixo. Em seguida virou-me de modo que fiquei de costas para ele, só de calcinhas.
 Colocou suas mãos sobre minhas nádegas e com a ponta dos dedos riscou círculos sobre minha pele. Como resposta suspirei de prazer. No lugar das mãos , em seguida, senti sua boca, em pequenas e fortes dentadas amorosas deixando pequenas marcas vermelhas que aliviava com a língua
 Eu ronronava de prazer. Ele colocou a língua na parte superior da racha e afastou com ela a calcinha; de modo que pôde descer para a dobra. Com as mãos na parte superior das minhas costas, obrigou-me a inclinar-me. Nesta nova postura penetrou a língua por baixo da calcinha e saboreou meu lugar secreto. Pôs a língua rígida e a introduziu dentro. Golpeou com delicadeza meu clitóris, mas antes que pudesse pôr as mãos na parte dianteira para torturar-me com os dedos, eu gozei novamente.
 Ele me olhou e sorriu, um sorriso de satisfação..
 Tirando o que eu tinha ainda de tecido pelo corpo, disse:
 —Preciso te sentir contra mim — abraçou-me e atraiu-me para ele com firmeza, de modo que senti meus mamilos rígidos esfregando-se contra ele.
 Adorei a sensação que atravessou-me quando meus mamilos tocaram o peito dele. Queria estar ainda mais perto dele. Era uma sensação muito erótica. Dei um passo atrás e passei  as mãos pelo seu peito.
 De repente ele deteve minhas mãos.
 —Está fazendo algo muito perigoso.— disse com uma risada seca.    —O simples fato de estar com você, te tocar, sentir como goza também me proporciona prazer
 —Dá a volta, caminha e sente-se na cadeira — ordenou.
 —Venha, sente-se — insistiu. Fiz o que ele mandou e me sentei , notei o frio da cadeira nas nádegas nuas. Ele se ajoelhou na minha frente.
 O olhei diretamente em seus olhos, sentei-me ereta na cadeira e abri as pernas. 
 Ele olhou-me sério. Ameacei fechar as pernas, mas então, ele pôs as mãos na parte interior das coxas e impediu que eu o fizesse.
Quando ele se inclinou sobre mim, fechei os olhos antecipando a sensação ardente daquela boca sobre meu corpo. Temia gozar de novo somente em pensar e não queria fazê-lo, sem tê-lo dentro de mim. Senti o quente fôlego sobre minha pele e logo nada mais. Abri os olhos de repente e o vi de cócoras com um amplo sorriso no rosto.
 Ele segurou um pé e o colocou sobre seu colo.
 Rindo ele agarrou meu pé e o trocou pelo outro. Senti minha umidade gotejar para fora. Ele demorava em pôr a boca em cima e meter-se dentro de mim. Abriu minhas pernas somente para olhar.
 Em segundos, agarrou-me pela mão e me levou para a cama.
 —É possível que a cadeira seja muito dura para o que tenho em mente—disse. Agarrou-me pelos ombros com delicadeza e  sentou-me na cama. Ajoelhou-se diante de mim, abriu minhas pernas e as pôs sobre seus ombros de modo que cai de costas sobre a cama. Voltei a me erguer e me apoiou nos cotovelos ao mesmo tempo em que eu o olhava brincalhona.
 —Isto é parte do plano? —perguntei.
 —Vou contar um pequeno segredo — disse pensativo.
 —Conte!
 —A verdade é que não tenho um plano. Estou improvisando à medida que avanço.
 —Sério? Sabia que não tinha um plano, mas adoro tudo o que está fazendo.
 —Bom, se gostou do que fiz até agora, então pode ser que isto a faça sentir-se a mulher mais feliz do mundo — disse brincando. Puxou minhas pernas para aproximar meu traseiro da beirada da cama, inclinou sobre mim e soprou. Estremeci. Ele riu. Com os polegares afastou as dobras e começou a dar lambidas. Tentei afastar-me incapaz de suportar o endiabrado gozo que sentia no interior. Agarrou-me com mais firmeza e voltou a atrair-me para a beira da cama. Mordiscou-me, beliscou-me,  chupou-me e acalmou-me. Lambeu a parte de fora das minhas dobras para acabar lambendo a minha  racha.
 —Por favor, me deixe gozar! —gemi suplicando.
 —Será um prazer — ele respondeu sorrindo. Voltou a lamber a parte central, mas ao chegar ao clitóris puxou brandamente com os dentes. Cravou-lhe a língua. Eu gozei soltando um grito forte e a força do meu orgasmo derramou-se contra  a boca dele. Senti meus músculos internos se apertarem e relaxarem ao redor da língua. Ele apoiou a cabeça na minha coxa.  —Suponho que tinha razão em ambas as coisas — falei quando consegui  pensar com clareza.
 —A que se refere?
 —Primeiro te supliquei e em seguida me fez a mulher mais feliz do mundo.
 —Está zangada porque teve que suplicar primeiro?
 —Está de brincadeira? Obtive justo o que queria.
 Ele ficou de pé, olhou-me e viu uma mulher que foi bem amada.
 
 Eu precisava vê-lo nu. Adorava como me olhava com tanto desejo nos olhos, mas estava ansiosa por tocá-lo e amá-lo,  como  me amara. Fui até ele e o obriguei  ficar de pé. Ao passar as mãos pelo peito, notei que os músculos se contraíam ante o mero contato. Deslizei as mãos pelo peito até chegar aos botões do jeans. Desabotoei um a um.
 À medida que desabotoava os botões ia afastando o tecido do jeans. Fui levando-o de costas na cama e o surpreendi dando-lhe um empurrão.
 Estendi uma mão e ajudando-o fiz com que ficasse em pé. Incumbi-me do jeans e baixei-os. Ele foi levantando os pés para ajudar-me a tirar. Ele vestia uma cueca simples e branca. Antes que pudesse arrancá-la ele a tirou e estava nu na minha frente.
 Baixei o olhar e vi que seu pau estava reclamando atenção impacientemente. Ereto, tinha uma delicada gota de esperma antecipada na ponta.O peguei com uma mão. Com o polegar da outra tirei a gota. Suavemente deslizei os dedos passando do pênis até chegar às pernas e agarrar entre ambas as mãos o peso dos testículos.
 Abri a gaveta da mesinha ao lado da cama e tirei um preservativo. O abri e o desenrolei sobre o pênis. Por fim estávamos  protegidos e fiquei sobre a cama. Ele me abraçou. Assim que nossos lábios entraram em contato, ele beijou-me com fome. Como se quisesse me tragar inteira. Devorar-me. Interrompi o beijo e o empurrei para que deitasse de costas. Fiquei em cima e beijei seu peito.
 Posicionei-me de maneira que seu pau pudesse deslizar facilmente dentro de mim. Eu estava tão úmida que deveria entrar sem problema, mas me esquecera da grossura. Ele tentou penetrar-me com suavidade, mas meu corpo resistia ante tremenda invasão. Era grosso. Ele agarrou meus mamilos e os beliscou. Logo colocou um na boca. Primeiro chupou suavemente e em seguida com mais firmeza. Era uma sensação tão forte que me esqueci do desconforto e deixei que meu corpo relaxasse. Ele aproveitou e penetrou-me.  Empurrou um pouco para poder introduzir-se mais. Meus  músculos internos se apoderaram dele e mostraram o caminho. Seus polegares passaram por cima da ponta dos meus mamilos e gemi deliciada. O polegar se dedicou a brincar com meu clitóris. Seu pênis pulsava. Agarrou-me pela cintura e me elevou, quase tirando o pênis de dentro, logo tentou meter-se dentro de novo empurrando para cima. Ao mesmo tempo empurrou-me  para baixo e centímetro a centímetro conseguiu introduzir tudo.
 Agora que estava todo dentro de mim, coloquei as mãos sobre seu peito e utilizei os joelhos para subir e baixar com ele enterrado fundo. Era como parte de mim, uma parte que faltava, mas agora era como a peça final de um quebra-cabeça.
 Ele me observava, enquanto  eu subia e baixava sobre a enorme ereção. Usando o corpo me fez deitar sobre a cama e  girou-me  de modo que ficasse debaixo dele. Abri os olhos de repente, mas logo sorri. Ele colocou as mãos debaixo de mim e começou a acariciar-me buscando meu interior, a princípio devagar e com calma.
 Eu não agüentava mais ficar com as pernas estendidas, de modo que as enrolei ao redor da cintura dele. Ele começou a investir implacavelmente, como um pistão. Senti  que o orgasmo começava a emergir ao meu redor e embora quisesse atrasá-lo uns minutos mais, meu corpo resistia a obedecer-me. Gozei num estremecimento e soltei um grito. Os sentimentos eram tão intensos que sentia que desmaiaria por causa de tamanha intensidade.
 Ele também sentiu a força e soube que não demoraria. Sentiu-me tremer e quando o orgasmo me  golpeou sentiu toda a fúria com que me atravessava, não só a mim, mas também a ele. O prazer era tão intenso que não conseguia recuperar o fôlego.
Nada mais senti ao notar que ele perdia o controle e gozava. Seus músculos se esticavam cada vez que investia. Ele ficou tão duro, tão pulsante, que  temi desmaiar. A força do orgasmo que o atravessou também atravessou-me e me surpreendeu por sua intensidade. Ele me abraçou e giramos de maneira que agora era ele quem estava estendido de costas comigo aconchegada entre seus braços. Acariciou meu cabelo e ergui a cabeça o suficiente para poder beijá-lo no peito.
 E num suspiro entrecortado...voltei ao reino do sono.




 Escrito por Ayesk@

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Domingo Pregui...rs


Aaa domingo, é um dia que me dá preguiça rsrs
Depois vem o dia da semana que não curto: Segunda-feira...rs
Até eu entrar no Ar ...rsrs
Então vamos aproveitar esse domingo calorento...da melhor forma possível...
Relaxar e...aproveitarrr rs
Pensaram que ia escrever outra coisa né?
Bjs doces e um domingo pregui assim!!!rs



Refrescando nesse calor...rs Adoroooo!!!

Corpo nu á vontade nesse calor, nesse domingo, sem pressa...
Um óleo aromatizante para deixar o corpo cheirosinha e relaxadinho...rs

Um strip...para refrescar rsrs

Sem pressa...aproveitando o máximo que o Domingo nos reserva ainda...
Antes de acabar...

Ler é Sexy...
E dependendo da leitura...boa para relaxar e gozar rsrs


Então o melhor é aproveitar o final do findi...
E lamber até os dedinhos...rs


Beijos doces,
Ayesk@

Vista-me com seu corpo!

Não, eu não preciso que você faça declarações de amor em outdoor,que você jure fidelidade eterna,basta apenas que em nosso mundo particular você continue fazendo suas mil concessões a mim,basta que depois de um dia cheio, você me ponha em seu colo pergunte baixinho no meu ouvido, como foi meu dia e diga que falou comigo em meu intervalo do curso,a mim basta que você sorria das minhas asneiras e diga que meu sorriso ilumina o mundo.

A mim basta, que na hora do sexo,esse homem forte,de lugar ao gatinho manhoso,que ronrona palavras doces e diz que sou seu docinho.

A mim basta, quando leio você e vejo o homem ocupado,parando sua vida para olhar pra mim,e acende toda minha libido apenas com o olhar, deixa no cio com um sorriso, me deixa molhada apenas pronunciando meu nome,esse homem que quando preenche minha boca com a sua sinto meu corpo inteiro gritar seu nome,sinto meus sentidos de fêmea alvoroçados esperando e pedindo mais,e quando sinto suas mãos grandes e fortes em meu corpo já amolecido,manhoso e dengoso por você, estou no céu,

A delicia de ter você não tem preço,sentir seu hálito quente bem nos bicos rijos dos meus seios,a língua macia que faz o contorno de leve, os lábios que os mordiscam bem devagar, suas mãos que apertam minha coxas,sua língua molhada que percorre minha barriga,quando olho em seus olhos e os vejo escuros de tanto tesão.Quando vejo seus lábios crisparem-se ao me ouvir gemer.

A mim basta ouvir sua voz rouca dizendo que me quer,quando sua boca pronuncia coisas inaudíveis,quando vejo que você perdeu todinho seu autocontrole por mim,por meu corpo,por meu sexo.

A mim basta quando você me deixa nua...para em seguida vestir-me com seu corpo!

A mim basta que você me possua que me faça sua.

Siiiim me possua, eu quero ser sua,como nunca fui de ninguém,venha,me devore,me morda, me coma.

Peça,ou ordene que eu prove você, me dê seu sexo em minha boca,a preencha com ele,invada minha garganta me deixe sem ar,explore minhas bochechas.

Deixe-me degustar seu membro,apalpa-lo em toda sua extensão,passar a língua em sua glande vermelha,inchada de tesão,atrevo-me a mordiscar de leve,sinto seu corpo tremer;abro ainda mais meus lábios quero mais de você em minha boca sugooo,sinto um pouquinho de seu precioso liquido sair,vibroo passo a língua bem aberta e sorvo tudinho,você geme!

Não eu não vou pensar,só vou sentir,sua língua percorrendo minha gruta molhada por você,sentir suas mordiscadas suaves e firmes em meu clitóris;seus dedos afastando os grandes lábios para percorre-los com a língua,e eu revirando corpo enlouquecida de prazer,sua língua avançando em mim entrando,ouço seus gemidos,que misturados aos meus,formam nossa canção particular,e assim direto ao cume do prazer você me leva ao orgasmo.

Quero sentir seu pênis duro,passeie com ele por meu corpo,contorne meus lábios demoradamente,deixe que minha língua o alcance enquanto faz isso,quero deixar a glande molhadinha...aperte meus seios contra ele,passe no bico de meus mamilos...aaah muito bom...volte com ele até minha boca,coloque-o inteiroo ...huum como adoro seu gosto...

A mim basta isso,seja meu...penetre minha boca,a devore ,vá até minha,garganta deixe que eu faça um anel com meus lábios...huuum bom,faça os movimentos,alterne,entre rápido depois bem devagarinho,preciso saborear,sentir seu gostoo,isso agora rápido assiim,quero sentir seu membro dilatando em minha boca molhada,quero ver suas pequenas veias quase explodindo.

Huuum assim amor,agora goze pra mim,encha minha boca com seu esperma,deixe que eu me alimente dele,deguste,deixe que eu engula tudo.

Ta vendo...a mim é isso que basta sou sua você é meu!

Agora...me possua penetre fundo,venha desvende...descubra!
Quero sentir você na entrada molhada,quero sentir a cabecinha brincando comigo,enquanto ouço você sussurrando,meu nome,falando que me quer,beija minha boca,brinca com minha língua,aperto ainda mais meu corpo contra o seu,quero mais entre logo,sinto seu membro deslizando,me deixando cheia e preenchida de você,ainda quero mais,tento arquear os quadris,quero que entre tudo,você entende meu gesto sorri.Dá uma estocada lenta mas firme,vou ao delírio você esta dentro de mim...A mim isso basta...não resisto e gozo pra você,sua resposta a mim vem com mais um beijo...um lindo sorriso.
Você gira seu corpo pede que eu o cavalgue...
A mim isso basta...
Sentada em você,rebolo,e admiro seu rosto lindo,vejo seus olhos castanhos,escuros de tesão...
Assim você diz,rebola minha menina gostosa.
Rebolando,curvo meu corpo sobre o seu,passo a língua em seus mamilos,mordo,minha língua molhada procura sua boca,vou descendo na nuca meus cabelos caindo em seu rosto,você levanta seu corpo levanto o meu junto,assim corpos colados,você me pega nas nádegas e exige que eu
rebole ainda mais pra você, abre-as,posiciona seu dedo na entradinha de meu ânus,movimenta meus quadris para cima,para baixo,pede que eu continue assim...huuum...e a cada vez que meu corpo volta sinto seu dedo entrando,huum muito booom,solto um gemido praticamente um grito,o prazer é imenso,não seguro o gozo,mais um gritoo...

A mim isso basta...
Já sem forças grudo ainda mais em você,deixo que você movimente meu corpo.
Suado molhado...nossos corpos juntos,nossas bocas procurando-se nossas línguas travando um
duelo...você só você...respiração entrecortada,gemidos roucos,tesão,seu membro duro pulsante dentro de mim,seu dedo invadindo meu ânus,sua voz rouca me avisa que vai gozar,gozamos juntos.

A mim isso basta!
Sou sua você é meu!
Estou nua??????
Não, estou vestida com seu corpo!
A mim isso basta


Escrito por Dadinha

domingo, 17 de fevereiro de 2013

O Carnaval ACABOU...Mas, a Diversão Não!!!rs



A maioria das pessoas, renderam-se ao som do Psy, convidado da Claúdia Leite, no Carnaval da Ensolarada Salvador...
E navegando encontrei esse vídeo e imagem gif e não resisti...
Entre os ínúmeros apagões de energia elétrica que estou tendo hoje, onde resido...
Tinha que dar um jeitinho de trazer uma diversãozinha nesse domingo para voces!
Beijos doces, mega Domingo!



sábado, 16 de fevereiro de 2013

Cine Privé Cartoon Erótico

Aladim Fuck* Jasmine




Archer Sex Vídeo



Dois videozinhos para animar um tiquinho rsrs
E no próximo Cine Privé, vídeos em 3D.

Mega Sabado e não se esqueçam, ganharemos mais 1 hora hoje rsrs
Atrasem seus relógios!!!rs

Beijos doces,
Ayesk@

J. Scott Campbell & seus quadrinhos

Jeffrey Scott Campbell (12 de abril de 1973, East Tawas, Michigan) é um quadrinista americano. Ele teve vários pseudônimos, incluindo "Jeff Scott", mas é mais conhecido como J. Scott Campbell. Atualmente reside na Califórnia. Ele ficou famoso como um artista da Wildstorm, embora ele tenha já feito trabalhos para a Marvel Comics (mais notavelmente como um artista de capa em Amazing Spider-Man), e para a indústria de videogame.


Mágico de Oz

A Bela & a Fera

Cinderela

Rapunzel

Ariel, a Sereia

As Mil e uma Noites

Alice no País das Maravilhas

Sininho & Capitão Gancho

Vampirella

Cachinhos de Ouro e os Três Ursos

Pequena Miss Muffin

Branca de Neve

True Blood



Beijos doces,
Ayesk@

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Crazy - Louca!

"Crazy é uma palavra que confere certo humor à loucura
parece que se é uma louca divertida, supercrazy, personagem de gibi
alegre, magnética, cabelo colorido, uma destrambelhada que ri

Crazy é uma palavra que não descreve a minha inversão
sou louca em português, very absorta, nada institucional
desajuste silencioso, independente, que não se cura, nem se cobre com bandeide

Crazy não me entitulo, tenho a fachada sã e não trago o riso solto
meu desvio é genético, louca de berço, pura, sem aditivos
loucura genuína não se produz e a américa nada tem a ver com isso

Crazy é bacana, crazyland, terra dos que estão em paz e fumam,
a noite inteira gargalhando, beijando-se uns aos outros, just fun
o que sinto é mais uterino, absolutamente pessoal e profano

Crazy, sou às vezes...
louca, doze meses por ano."


* (Martha Medeiros em Cartas extraviadas e outros poemas)


Estado civil? Louca, ué. *_* Bibiana Benites

Uma Sexta-Feira, Genial, Fenomenal e Piramidal, People!!!rs

Beijos doces,
Ayesk@

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

14/02 - Dia de São Valentim & Dia dos Namorados!!!

Em algumas partes desse nosso Planeta, alguns países hoje estão sintonizados no Amor!!!rs
O Dia dos Namorados ou Dia de São Valentim, é uma data especial e comemorativa na qual se celebra a união amorosa entre casais sendo comum a troca de cartões e presentes com simbolismo de mesmo intuito, tais como as tradicionais caixas de bombons. 
Em Portugal, assim como em muitos outros países, comemora-se hoje; dia 14 de Fevereiro.
No meu País Tropical, chamado Brasil, o Dia dos Namorados é comemorado em 12 de junho, dia do Santo Casamenteiro; Santo Antônio...rs


Feliz Dia dos Namorados!!!





O dia dos namorados é realmente uma data importante não só para casais apaixonados, mas para as pessoas em geral, como uma forma de expressar o sentimento para alguém importante. É sempre bom cultivar o Amor.


Beijos doces,
Ayesk@

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Pizzaria do Google!!! Cuidado, você está sendo vigiado...rs



PIZZARIA GOOGLE

- Pizzaria Google, boa noite !!!

- De onde falam ???

- Pizzaria Google, senhor. Qual é o seu pedido?

- Mas este telefone não era da Pizzaria do...

- Sim senhor, mas a Google comprou a pizzaria e agora sua pizza é mais completa.

- Ok... Você pode anotar o meu pedido, por favor?

- Pois não. O Senhor vai querer a de sempre?

- A de sempre ??? Você me conhece ???

- Temos um identificador de chamadas em nosso banco de dados, senhor.Pelo que temos registrado aqui, nas últimas 53 vezes que ligou, o senhor pediu meia quatro queijos e meia calabresa.

- Puxa, eu nem tinha notado !!! Vou querer esta mesmo...
- Senhor, posso dar uma sugestão?

- Claro que sim. Tem alguma pizza nova no cardápio?

- Não, senhor. Nosso cardápio é bem completo, mas eu gostaria de sugerir-lhe meia ricota, meia rúcula...

- Ricota ??? Rúcula ??? Você ficou louco ??? Eu odeio estas coisas !!!

- Mas, senhor, faz bem para a sua saúde. Além disso, seu colesterol não anda bom...

- Como você sabe ???

- Nossa pizzaria tem o banco de dados mais completo do planeta. Nós temos o banco de dados do laboratório em que o senhor faz exames também. Cruzamos seu número de telefone com seu nome e temos o resultado dos seus exames de colesterol. Achamos que uma pizza de rúcula e ricota seria melhor para sua saúde.

- Eu não quero pizza de queijo sem gosto e nem pizza de salada !!! Por isso tomo meu remédio para colesterol e como o que eu quiser !!!!!!!

- Senhor, me desculpe, mas acho que o senhor não tem tomado seu remédio ultimamente.

- Como sabe ??? Vocês estão me vigiando o tempo todo ???
- Temos o banco de dados das farmácias da cidade. A última vez que o senhor comprou seu remédio para controle do colesterol faz 3 meses. A caixa tem 30 comprimidos.

- Porra !!! É verdade. Como vocês sabem disto ???

- Pelo seu cartão de crédito...

- Como ????????


- O senhor tem o hábito de comprar remédios em uma farmácia que lhe dá desconto se pagar com cartão de crédito da loja. E ainda parcela em 3 vezes sem acréscimo... Nós temos o banco de dados de gastos com cartão na farmácia. Há 2 meses o senhor não compra nada lá, mas continua usando seu cartão de crédito em outras lojas, o que significa que não o perdeu, apenas deixou de comprar remédios.

- E eu não posso ter pago em dinheiro ??? Agora te peguei...
- O senhor não deve ter pago em dinheiro, pois faz saques semanais de R$ 250,00 para sua empregada doméstica. Não sobra dinheiro para comprar remédios. O restante o senhor paga com cartão de débito.

- Como você sabe que eu tenho empregada e quanto ela ganha ???
- O senhor paga o INSS dela mensalmente com um DARF. Pelo valor do recolhimento dá para concluir que ela ganha R$ 1.000,00 por mês. Nós temos o banco de dados dos bancos também. E pelo seu CPF...

- ORA, VÁ SE DANAR !!!!!!!!

- Sim, senhor, me desculpe, mas está tudo em minha tela. Tenho o dever de ajudá-lo. Acho, inclusive, que o senhor deveria remarcar a consulta que o senhor faltou com seu médico, levar os exames que fez no mês passado e pedir uma nova receita do remédio.

- Por que você não vai à merda ???

- Desculpe-me novamente, senhor.

- ESTOU FARTO DESTAS DESCULPAS. ESTOU FARTO DA INTERNET, DE COMPUTADORES, DO SÉCULO XXI, DA FALTA DE PRIVACIDADE, DOS BANCOS DE DADOS E DESTE PAÍS !!!!!!!

- Mas, senhor...

- CALE-SE !!!!!!!! VOU ME MUDAR DESTE PAÍS PARA BEM LONGE. VOU PARA AS
ILHAS FIJI OU ALGUM LUGAR QUE NÃO TENHA INTERNET, TELEFONE, COMPUTADORES E GENTE ME VIGIANDO O TEMPO TODO !!!!!!


- Sim, senhor, entendo perfeitamente.

- É ISSO MESMO !!!!!! VOU ARRUMAR MINHAS MALAS AGORA E AMANHÃ MESMO VOU SUMIR DESTA CIDADE !!!!!!!

- Entendo...

- VOU USAR MEU CARTÃO DE CRÉDITO PELA ÚLTIMA VEZ E COMPRAR UMA PASSAGEM SÓ DE IDA PARA ALGUM LUGAR BEM LONGE DE VOCÊ !!!!!!!!!!
- Perfeitamente...

- E QUERO QUE VOCÊ ME ESQUEÇA !!!

- Farei isto, senhor... - silêncio de 1 minuto. - O senhor está aí ainda ???

- SIM, PORQUE ??? ESTOU PLANEJANDO MINHA VIAGEM... E PODE CANCELAR MINHA PIZZA !!!

- Perfeitamente. Está cancelada... - mais um minuto de silêncio. - Só mais uma coisa, senhor...

- O QUE É AGORA ???
 
- Devo lhe informar uma coisa importante...

- FALA, CACETE !!!

- O seu passaporte está vencido...




Recebi por email hoje,  da minha Amada Mamys Sophysticada Atrevida e achei o máximo e a coincidência, foi que horas antes; havia lido na internet que o Google lê todos os emails que enviamos e recebemos...rsrs
Me lembrou muito aquele filme "Inimigo do Estado"...rs

Beijos doces e uma mega noite,

Ayesk@

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Convite...

Pois é pessoal, para mim é um novo desafio...
Esse Blog já tem muitas postagens e já há muito tempo queria fazer isso...
Não tenho mais inspiração para escrever contos eróticos, quem sabe talvez um dia, encontre novamente inspiração...rs
Enquanto isso, postarei o que gosto... 
Imagens!
E espero voces lá também!!! 
Esse blog não é nem "Concorrente e nem Inteligente"!!!rsrs
É algo que estou a fim de fazer e o farei...por que GOSTO!!!
Algo que me dará prazer e novos desafios...
Continuarei ainda na Casa de Anita, com as minhas queridonas Nitinh@ & Máh Linda, com os hóspedes maravilhosos Lena Lopez (maninh@ Loira Delícia , Di & Fer, Manusko/Miguxo BoySafadinho e com todos os vizinhos da Casa que são MQTDB!!!
O Carpe Diem, é bebê, e aos puquinhos irá crescer com a ajuda e carinho de vocês...
Dão uma passadinha por lá, ficarei contente com a visitinha de voces!!!
Principalmente  a visita dos meus novos leitores que tanto visualizam o Ayesk@ & Amigos; do   SCM Player. Obrigada pelo carinho de todos vocês, todos os dias!!!
E como eu disse, postarei aqui, talvez...um dia...rsrs
Adoro mistério!!!rs

http://carpediemayeska.blogspot.com.br/

Beijos doces,

Ayesk@

Bonito é ...



Bonito é Ser Feliz
 
Há coisas bonitas na vida! Sim..

Mas, bonitas são as coisas vindas do interior de cada um, as palavras simples, sinceras e significativas.

Bonito é o sorriso que vem de dentro, o brilho dos olhos, o beijo soprado...

Bonito é o dia de sol depois da noite chuvosa ou as noites enluaradas de verão em que quase todos passeiam...

Bonito é procurar estrelas no céu e dar de presente ao amigo, amiga, namorado, neto...

Bonito é achar a poesia do vento, das flores, do mato,dos animais e das crianças.

Bonito é chorar quando sentir vontade e deixar as lágrimas rolarem sem vergonha ou medo de crítica.

Bonito é gostar da vida e se deixar viver de um sonho.

Bonito é ver a realidade da vida, sem nunca ser extremista, e acreditar na beleza de todas as coisas.

Bonito é a gente continuar sendo gente com G maiúsculo em qualquer situação, principalmente nos momentos de dificuldade.

Bonito é você ser você...nesta bonita vida...

~ LETÍCIA THOMPSON ~


Encerra-se um ciclo, nada dura para sempre!!!
Então, imaginem alguém enrolada, sem falta de tempo, atolada de serviço...
Esse alguém, sou Eu! rs
E por isso, hoje estou feliz em dizer que esse Blog foi além das minhas expectativas...
Encerra-se um ciclo, ficam as postagens, talvez um dia...
Horas, segundos, minutos, ou quem sabe....
Uma semana, Um mês , Um ano...
Estou com novas idéias...
Idéias que descobri nesses dois anos...
Que amo fazer e nunca tive coragem de colocar em prática,
Mas, uma AMIGA ESPECIAL, tanto quanto outras, me incentivou...
Esse blog iniciou quando menos esperava, mas, para mim ele se tornou realmente parte de mim, quando comecei a postar ...e não depender mais de outra pessoa que o montou...
Fui aprendendo aos poucos e ainda tenho muito a aprender...
Agradeço tudo que a Pessoa fez por mim...
Mas, agora....encerra-se um ciclo.
Pessoas entram, pessoas saem, pessoas ficam em nossas vidas...
E aprendemos com cada uma delas...
Agradeço a todos que colaboraram com comentários, virando seguidores ou não...
Mas, comparecendo aqui , lendo, rindo, pensando, chorando, sentindo prazer ou não de estar aqui...


E fica o talvez algum dia!!!
E colham sempre, de preferência coisas boas, semeiam também...
Para depois, não se perguntarem...
O que fiz para isso acontecer???
Tenham um mega genial, fenomenal e piramidal feriado!

Carpe diem , Sempre!!!

Beijos doces,

Ayesk@

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Carlos Zéfiro: Arte Erótica, Sacanagem e Catecismo

Oieee Pessoal MQTDB!
Fiquei sem Net esses dias e senti saudades de compartilhar com vocês, a arte erótica de Carlos Zéfiro.
Nos dias atuais, os jovens não podem mais reclamar  de falta de informação, principalmente quando o assunto é Sexo! Programas de TV, revistas, filmes, internet, enfim, todos os veículos de comunicação; tratam do tema das mais diversas formas possíveis. Na escola inclusive, tem aulas educação sexual.
No entanto, nas décadas de 50 e 60, a iniciação sexual dos jovens se dava, muitas vezes, através dos chamados “Catecismos” - pequenas revistas com histórias de conteúdo porno-erótico, vendidas clandestinamente nas bancas de jornal daquela época.

O principal autor do gênero,assinava como Carlos Zéfiro. Este era o pseudônimo de Alcides Aguiar Caminha, um carioca boêmio, funcionário público, casado desde os 25 anos e pai de cinco filhos. Autodidata no desenho, somente concluiu o ensino médio aos 58 anos.

Sua identidade foi mantida em segredo por quase 40 anos, tornando-se pública apenas em 1991, um ano antes de sua morte, numa reportagem de Juca Kfouri, para a revista Playboy.

Carlos Zéfiro ilustrou e vendeu - em todo o Brasil, Argentina e Uruguai - cerca de 500 trabalhos que chegaram a tiragens de 30.000 exemplares.

A linguagem que usava, popular na época, e o modo cru como escrevia retratavam o sexo como na vida real, sem hipocrisia ou falsos pudores e liberto de qualquer tabu. Por esta razão, seus quadrinhos eróticos foram amados pelos jovens e odiados pelas senhoras pudicas.

Hoje a obra do mestre da sacanagem brasileiro alcançou o patamar de arte e é reverenciada no mundo todo.

Se você ficou curioso e quer conhecer os catequismos (ou se ficou saudoso e que relembrar os tempos de menino), o site oficial do artista disponibiliza seus trabalhos. É uma boa dica para quem gosta de arte erótica.
http://carloszefiro.com

Termino com algumas imagens , espero que gostem e visitem o site!



No site citado acima, você encontra muitos catecismos para Ler...

 
Uma boa leitura e boa diversão!
Beijos doces,

Carpe Diem,
Ayesk@