sexta-feira, 27 de abril de 2012

Pensamentos Doces...Vamos falar de Amor???


Por onde andou esse Tempo todo???



Por onde andou este tempo todo?
Te procurei pelo mundo...
Chamei-o em meus sonhos...
Subi pelas montanhas...
Escorreguei pela neve...
Mergulhei no mar...
Pra te encontrar...
Por onde andou este tempo todo???
Esperei por você...
Procurei em meus sonhos...
Enfrentei bruxas e dragões,
Corri de cobras e leões.
Esperei por você em minhas ilusões...
Por onde andou este tempo todo??
Me perdi no tempo,
me perdi ao relento,
supliquei ao vento
pra trazer você de volta para mim.
E, neste momento,
lágrimas se derramaram.
O sol se abriu...
Um arco-íris se formou no céu azul,
e aqui está você...
De volta para mim...

~Thais Helena~




Poesia de Amor

Frente a frente, a mirar,
Vendo seja o que for,
Pelo fogo do olhar...
só pode ser o amor.
Amor que se adivinha,
Após o primeiro beijo
Lábios colados que dizem
Eu te amo... eu te desejo...
Num abraço apertado,
corações se unem,
descobrindo o amor,
nos sentimentos que surgem.
Nessa descoberta do amor
Corpos ficando nus
Pulsação acelerando
Desejo aumentando
Fusão dos corpos, num
delírio supremo, a compor
com loucura que alucina,
uma poesia de amor...

~Marcial Salaverry~








 

 
Postado por Ayesk@

5 comentários:

MisterCharmoso disse...

Que bela poesia
Bom fim de semana e espero que com menos chuva. Adoro o teu blog e ve o meu post novo e vota na sondagem antes que termine...
Beijos charmosos

Casa de Anita disse...

Falar de amor é sempre bom, nos faz um bem enorme...principalmente qdo vivemos momentos felizes rsrs

Beijos suculentos!

Sophysticada disse...

Falar de amor é sempre tão bom...

Amei!

Bjk@s

Eroticamente (In) Correto disse...

O AMOR SEGUNDO ESTE POETA

O amor não avisa,
simplesmente bate a tua porta.
Tão rápido que se não correres para abri-la,...
Dá meia volta e vai-se,
assim, de supetão.

O amor muda a cor das coisas,
se impõe sobre trevas e
devasta a penumbra.
Pode ser implacável...
Cortar e ferir,
sanar e borbulhar
iluminar e cegar,...
Pode sim!

Pode tanto que nós homens o perseguimos
pela existência afora
incansável e desesperadamente,
para quem sabe em um único segundo,...
Poder segurá-lo e convencê-lo a ficar
o maior tempo possível,
abrigado em nossos mortais corações,...

O amor é uma dádiva,
daquelas que somente os seres de luz própria
distinguem na multidão;
Pode estar no brilho de um olhar;
Num sorriso acanhado;
Um simples toque de mão;
O bater mais rápido de um coração ou,
quem sabe,
numa lágrima escondida,...

É!
O amor é assim;
Tem muitas faces;
Várias formas;
Combustível da vida,
não tem hora nem local,
não avisa nem espera,...
Apenas se parece com você!!!


Ruivinha, este poeminho tem mais de 20 anos e eu sinceramente espero que goste, estava em meus guardados no fundo de uma gaveta virtual,...

Beijo do IN

Ayesk@_Ursinh@ disse...

Gostar????????
Amei...assim que vi , ao terminar de postar no Blog...o li uma, duas, três vezes...ou mais..
E o que posso dizer?
Que voce, querido In_...me deixou em lágrimas...
Disseram que sou dramática...mas, não sou...
Sou sensível, manteiguinha, ou quem sabe...
PARVA!!! rsrs

Hoje, ao ler esse poema lindo, que tem como voce disse mais de 20 anos...
Voce me fez sorrir, mesmo com os olhos rasos...
Obrigada pelo seu carinho...

Bjs doces carinhosos de uma ruivinha geniosa, mas que te adora de coração!!!


Ayesk@