quarta-feira, 20 de julho de 2011

Um Conto Especial...(20 de Julho de 2010)





Hoje me sentei em frente ao PC, estava disposto a escrever um conto, na verdade eu queria escrever "O conto". 
Seria um conto em que todos que o lessem se identificassem com ele. Depois de muito pensar cheguei à conclusão lógica que eu não poderia escrevê-lo. Por quê?
Para escrever um conto especial eu teria que dominar o português e para isso eu teria que escrever como Marcfauvel e nesse quesito ele é imbatível. Poderia tentar escrever com mais simplicidade e objetividade, assim como Spartacus ou mesmo uma seqüencia como Ídigo, poderia tentar ser Galah com sua maneira única de escrever. Pensei por mais uns instantes e meus pensamentos esqueceram o conto especial e começaram a vagar pelos pseudônimos dos escritores deste site, Amigaço, Engebirio, Sogro, Nekoboy, Padrasto e o excelente Mooky1, também Kaliu e the-guy, dip e bigode.
Naveguei por outras categorias e comecei a ler um fetiche de Ayeska, sensacional, depois li um hetero de Sophia que se intitulava “Casalzinho em floração. Mas na realidade o que eu estava pensando era o seguinte:
Quem são essas pessoas que todos os dias acessam este site e perdem horas lendo ou escrevendo um bom texto? Onde vivem? Onde moram? O que fazem? Quais os seus nomes? Quem são essas pessoas que vivem ocultas por um pseudônimo como se fossem super heróis?
Mesmo não tendo essas informações eu os conheço, conheço um pouco dos seus desejos, suas fantasias. 
Na minha modésta ignorância descobri que entre nós não existem escritores profissionais, apenas pessoas comuns que nas suas maneiras de escrever nos passam seus relatos, suas aventuras, enfim, nos aquecem com suas histórias, sejam elas verídicas, ficção ou simples fantasias. 
Eu poderia citar uma infinidade de pseudônimos aqui, mas não é possível, porém quero agradecer a cada uma dessas pessoas desconhecidas que na solidão de seus quartos nos transmitem um pouco do que são através de seus pensamentos. 
Umas com um pouco mais de cultura, outras nem tanto, mas com o mesmo brilho, que importa se sabemos escrever num bom português ou não? Todos sem exceção merecem os meus mais sinceros respeitos.
Como vocês podem ver, isso não foi um conto, foi simplesmente uma maneira de homenagear a cada uma dessas pessoas invisíveis, neste 20 de julho, o dia do amigo.
Um abraço a todos,

  
Escrito por: Dayo_ Li

Nota: Dayo_li, um dos meus autores favoritos, escreveu esse Texto há um Ano atrás...eu o li acredito que uns Dois meses depois...
E fiquei admirada, ao ser citada nesse texto dele.
Hoje, Dayo_li  é uma pessoa que considero muito, tenho carinho, mesmo não sendo sua Melhor Amiga, mesmo não conversando com ele todos os dias, mesmo não morando no mesmo País que ele....
Mas... como escreveu, Martha Medeiros:

"Por que as pessoas entram na sua vida?"

Pessoas entram na sua vida por uma "Razão", uma "Estação" ou uma "Vida Inteira". Quando você percebe qual deles é, você vai saber o que fazer por cada pessoa.

ou como escreveu, Fernando Sabino:

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis"

Podem não concordar comigo, mas acredito que há vários níveis de Amizade, de Amigos...
E o que importa é o que sentimos no coração por cada um deles!
O que eles nos ensinam, o que eles deixam quando as vezes estão apenas de passagem nas nossas vidas...
Agradeço ao Dayo_li por me autorizar postar seus contos e textos; como esse no Blog.  
Agradeço o carinho dele, em enviar-me e-mails com textos, imagens lindas...textos que nos faz refletir e pensar....mesmo com sua vida atribulada.
Textos que nos faz procurar a cada dia, não se tornar um ser Humano Perfeito...Nunca alcançaremos isso! 
Mas, a nos tornarmos um pouco melhor a cada dia, aprendendo com erros, com acertos e até mesmo com as pessoas que às vezes sequer nem conhecemos, sequer ouvimos a voz....

Finalizo com esse Texto do Dayo_li....esse "DIA do AMIGO" -20 de Julho de 2011. Beijos Doces!






Postado por Ayesk@

4 comentários:

SexyButterfly disse...

Ainda não visitava o clube há um ano atrás...então pra mim, é um texto inédito. E lindo, como todos do Dayo_li. PArabéns pela escolha e postagem do texto, Ayeska! Beijos...

LOIRINHA KSADA... disse...

Linnndo texto, deliciosa música, e na conjunção total... ficou maravilhoooosoooo rs Bem ruivinha... rs aqui é sempre um cantinho que sempre conheço coisas boas e novas... bjs bjs bjs

Ayeska disse...

Borboletinha, Dayo_li, sabe nos emocionar, nos fazer rir, chorar, excitar com seu contos e seus textos!
Sou fã de Carteirinha dele!
Quando li esse texto, ele já havia postado alguns meses antes de ter tido contato com ele.
E fiquei surpresa e lisonjeada, por ter sido citada nesse texto, antes de conhece-lo.
Ele é um ser Humano Incrível!
Beijos doces carinhosos e Happy Birthday!rsrs

Ayesk@

Ayeska disse...

rsrs Loirinha Ksada Mil, está ficando suspeita no rol de amizades da Ayesk@ rsrs
Mas, fico feliz que tenha gostado, como costumo dizer, o Blog é de Voces, para Voces!

Beijos doces carinhosos e obrigada pelo carinho!


Ayesk@