terça-feira, 26 de julho de 2011

Série: Alfredo & Nice - Descobrindo o Clube dos Contos.





- Não ouviu eu te chamar, Nice?

- Claro que ouvi, mas não ta vendo que estou ocupada? Você não me dá sossego né Alfredo?

- Depois que essa coisa entrou aqui em casa você não desgruda, é Yakult prá lá, Yakult prá cá e nem me responder você responde, não me da mais atenção.

- Que Yakult Alfredo? É Orkut. Mas agora estou vendo outra coisa, estou lendo contos eróticos.

- Ah é? Também quero ler.

- Até parece, quem vê pensa que gosta de ler, ou melhor, pensa que sabe ler.

- Claro que sei ler, não muito, mas sei um pouco e além disso você sabe que o que eu gosto mesmo é dar uma trepadinha, olha aqui, você falou em contos eróticos e meu pau já ta duraço.

- Você só pensa nisso né, Alfredo? Nem vem que não tem, desencosta.

- Só umazinha Nice, uma rapidinha.

- Já disse que não. Senta aqui e fique quieto, quem sabe lendo relatos eróticos de outras pessoas a gente aprende algumas novidades.

- Que novidades Nice? Meter é sempre igual, ninguém faz tudo aquilo que tem na camara sutra.

- Kama Sutra, Alfredo, como você é burro né?

- Aí só tem contos de foda?

- Só, este site chama-se CLUBE DOS CONTOS e tem cada estória Alfredo, que você nem imagina.



- Então leia um em voz alta.

- Claro que vou ler em voz alta né, Alfredo? Senão quando eu terminar você ainda estará no primeiro parágrafo. Vou escolher um...são tantos que nem sei por onde começar, vamos ver esse aqui.

- Como se chama esse, Nice?

- Perdendo a virgindade.

- Deve ser bom né? Quem escreveu?

- Alicinhabh. Fica quieto agora e presta atenção.

“Eu sentia muito tesão por ele , e só não tinha perdido a virgindade antes por pura falta de oportunidade... me puxou pelas coxas enfiando a lingua na minha bucetinha eu cheguei a dar um gritinho... enquanto empurrava forte o corpo seu pau entrou todo de uma vez dei um grito... AAAAAAAAAAAA ..... gozei na hora ...dor... prazer ...ele urrou junto comigo ,minha cabeça rodava eu rebolava , pulava em seu pau...”

- Gostou Alfredo?

- Porra gata! Estou todo melado e você ainda pergunta se gostei?

- Eu também to molhadinha Alfredo, mas tira a mão da minha buceta, vamos ler mais um.

- Ta bom gata, mas vou tirar a camisa, me deu um calor danado. Essa Alicinha deve ser muito gostosa, meu pau ta até dolorido de tão duro.


- Para com isso Alfredo, olha lá hein? Esse também deve ser tesudo. Chama-se “Domínio: Quando eu gozar você goza”.

- Como se chama mesmo a escritora? Ares..Aya...

- Ayesk@, Alfredo. Presta atenção.

“A pista de dança estava lotada novamente... O capuz do meu ereto clitóris tremia. Sua respiração soprou sobre minha pele e suspirei... Eu arqueei para trás e ele deslizou os dedos até minha coxa e alcançou o clitóris... Em seguida, meus quadris começaram a rolar mais rápido e mais sobre seu pau...”

- Nossa! Gata essa escritora também deve ser gostosa prá caralho, que foda foi essa?
- Olha aqui Alfredo, se for para ficar imaginando trepar com elas eu não vou ler mais. E quer saber de uma coisa? Agora vou ler um do Caíque.

- Que isso gata, era brincadeira.

- Brincadeira nada, você está com tesão pensando nelas.

- Você sabe que só sinto tesão por você, olha só minha rola, vamos dar uma?

- Não adianta esfregar o pau perto da minha cara...pára Alfredo. Nossa! Ta duraço mesmo, mas...tira de perto da minha boca...hummmmm, não agüento...

- Isso gata, chupa a rola do seu maridinho, chupa, engole vaiii, hummmm, que boca gostosa...não pára não gata, está tão bom, porque...parou?
- Você é muito filho da puta né, Alfredo? Pensa que não sei que está imaginando aquela boca ali na sua rola? É a boca da Niina, aposto que também ta com tesão pela bunda da jessykinha, pela buceta da Dani Sacerdotisa, pela tatuagem da sexyButterfly...

- Não é nada disso gata, é impressão sua.

- Impressão é? Eu te conheço muito bem. Eu nem ia te falar, mas já estava toda molhadinha porque li um conto do Senhor dos contos que me deixou super excitada, também li um do, outro do Elle, até um conto gay do Boy safadinho eu li e minha buceta ta que ta. Não adianta ficar pelado...Alfredo, não adian...Ai meu Deus acho que vou tirar a minha roupa também, ta calor aqui.

- Ta com ciúme né gatinha? Vem aqui com o papaizinho, vem. Isso, segura minha rola, aperta, vai, você sabe que meu pau só pensa nessa bucetinha. Fica de quatro, vai, apóia na cadeira. Assim...isso.

- Só uma rapidinha hein? Ai Alfredo, que rola gostosa, enfia tudo na sua mulherzinha, mete com vontade, adoro sua rola...

- Sente só gata, a cabeça da minha rola esfregando na sua bucetinha molhadinha, uhummmmmm.

- hummmmmm, aaaaahhh, delicia Alfredo, enfia tudo e mete com vontade.

- Entrou tudo gata, que delicia, é assim que você quer? Com força? Rebola então na minha rola.

- Mete Alfredo, isssoooo, soca com vontade, aiiiiiii, como você é gostoso, como seu pau é gostoso, mete, mete...

- Uhummmmmm, gata, escuta só os estalos na sua bunda...

- Devagar Alfredo, vai derrubar o computador.




- Eu adoro te comer de quatro, uuuuhhhnnnnn

- Isso Alfredo, com mais força, me faça gozar, me faça delirar, me fode todinha.

- Ahhhhhhhhh, Gata acho que vou gozar, num agüento mais.

- Agüenta mais um pouquinho, só mais...goza, goza, estou gozando...

- Ahhhhhhh, sente gata, quanta porra, meu pau ta te enchendo, sente as esguichadas, sente só a grossura dele, ohhhhhh, ahhhhuhummm.

- Me aperta Alfredo, me aperta pela cintura, deixa sua rola atolada na minha buceta, ahhh.

- Eu te adoro gatinha, adoro ficar assim te abraçando com a minha rola cravada na sua buceta.

- Pronto Alfredo, gozei demais, foi ótimo, agora pode sair daí. Alfredooo, eu disse que já pode sair daí, é surdo?


- Ta bom gata, me da esse paninho aí, vou limpar a rola com ele.

- Não ta vendo que é a flanelinha de limpar o computador? Vai se limpar no banheiro, eu vou em seguida.

- Como você é chata né, Nice?

- Vai e volte logo, ainda temos muitos contos para ler, tem um do
Peristilo
que não posso perder e outro do   Cialis, um do Samurai do sexo...Espartacus, Edd, Victor, Knight, Nilton....

Só de homem Nice?

- Se você se comportar, ficar bonzinho, eu leio um da
Dadinha prá você.

- Um só, Nice?

- É! Um só.

 












 

Escrito por : Dayo_ Li

Nenhum comentário: