segunda-feira, 8 de abril de 2013

SR. DELÍCIA... - TRANSA GOSTOSA NA ACADEMIA



Não era a primeira vez que eu o notava me olhando.
Sempre que chegava na Academia Saúde & Energia, eu o encontrava.
Ele era um belo espécime masculino, me deixava com água na boca.
Mas sempre eu procurava mostrar que o ignorava.
O que não era verdade...
E ele também parecia fazer o mesmo.
Ate que um dia o peguei me olhando, eu estava na esteira com meu ipod, ouvindo música.
Caminhando na esteira, de olhos fechados e enlevada pela música, até que ao abrir os olhos dei com os dele me olhando. Em segundos nós fixamos o olhar um no outro e logo em seguida desviamos e assim continuou por dias.
Até que um dia não consegui ligar a esteira e ele veio me ajudar.
Sorrimos um para outro e dissemos: Oi.
Alguns exercícios depois eu o vi na bicicleta, e meus olhos fixaram-se em seu corpo.
Senti uma excitação e meus olhos avaliavam conforme ele pedalava, suas pernas peludas, suas coxas por baixo da bermuda, seus bíceps.
Ahhh... seus bíceps e aquela tatoo. Não curto tatoos, mas a dele era bonita.
De repente ele me olhou e sorriu, sorri também sem graça por ter sido pega em flagrante.
Naquele mesmo dia antes de ir embora, perguntei para a minha personal trainner quem era ele, seu nome.
- Ele é o Sr. Delícia.
- Sr. Delícia? - perguntei sem entender.
- Sim, as meninas o acham uma delícia...rsrs
- Ah...rs entendi. Sem chance , não curto competição... rsrs
- Competição? Que nada, as meninas suspiram por ele, mas que eu saiba ele nunca "ficou" com nenhuma delas. Bem que elas gostariam. Ele tem uma namorada fora da cidade, ela vem as vezes de fim de semana. Ele me disse.
- Ah, tá.
E durante aquela semana, eu ficava pensando se estaria enganada e recebendo mensagens erradas.
Mas, um dia estava fazendo um exercício para panturrilhas, quando levantei a cabeça, ele vinha entrando e me olhando. Ficamos nos olhando até que ele passou o cartão da Academia na catraca e entrou.
Eu imaginava como seria seu toque, seus lábios nos meus, seu corpo envolvido no meu, muita coisa se passava em meus pensamentos.
Eu o olhava fazendo exercicíos furtivamente e comecei a estranhar quando ele começou aparecer de boné, até que eu o peguei me olhando por baixo dele.
Naquela noite, minha personal trainner antes de ir embora, me chamou num canto e me disse:
- Ayeska, o Sr. Delícia perguntou de voce. Tenho reparado que ficam trocando olhares e que as vezes quando voce chega no balcão para conversar comigo ou com as outras, ele se aproxima...boa sorte, garota.
- Ah deve ser impressão sua...que isso...
"Fiquei sem palavras, já mais imaginava que a garota ruiva me queria tanto como eu a desejava. Hum!!! Meu corpo se arrepiou e fiquei excitado ao saber pela personal da Academia. Observei-a de longe, meu desejo estava intenso, meu tesão enorme.Sentia meu pau duro, e as bolas doiam de tesão por aquele corpo voluptuoso e cabelos vermelhos.(ele)
A maioria tinha ido embora, estavámos apenas eu e ele.
A personal chefe, foi para o andar de cima, dizendo que continuássemos os exercícios, que ela ia fazer um balanço e dali uma hora fecharia a Academia.

"Ahh!! Que visão deliciosa a minha, não me controlando mais, calmamente fui me aproximando da ruiva, ela não sabia que tinha me chamado atenção por ser diferente das outras dali. As outra faziam tudo para me chamar a atenção. Eu já tinha conhecimento do apelido que haviam me dado: Sr. Delícia kkk
Era assustador, até que um dia cheguei e deparei-me com a ruiva que usava camisetas grandes, mas um legging apertadinho que mostrava suas curvas. Pela camiseta grande via-se que era maior que o seu tamanho. Os cabelos ruivos sempre presos num rabo de cavalo, o rosto suado e vermelho, ela não sabia como eu queria que ela ficasse suada e vermelha em outro tipo de atividade física. Uma atividade mais prazerosa.

Ela estava com o ipod e terminando um exercício que abria as pernas o máximo.
Me aproximei dela assim que ela saiu do aparelho, dei-lhe um beijo suave no rosto, uma leve mordiscadinha no queixo e pescoço.


Fui ousado, já sabia que ela também correspondia a paquera."
Ela arrepiou, soltando um gemido parecendo um ronronar.
Pertinho do seu ouvido eu disse: “hoje você não me escapa, me querendo provocar este tempo todo, quando nos encontrávamos, seu olhar me deixava louco, te querendo e desejando todo o dia a mesma coisa"(ele)
- Voce ainda não foi embora?
- Estava te observando. - Esperava sua saída, não aguentava mais te ver e não poder te tocar
- rsrs... quem diria...sabia que eu te desejei, a todo o momento eu o olhava, mas achava que não notava.
- Eu sei que voce tem me deixado louco por você, estava esperando o momento certo, e neste momento é o que irei fazer…

Nem pude falar mais nada, ele me beijou loucamente, um beijo molhado, suaves mordidas em meus lábios, suas mãos me envolveram; uma na minha nuca puxando o elástico do meu cabelo e com a outra percorria minhas costas, chegando em meu bumbum, ele apalpou e com ousadia sua mão tocou entre minhas coxas, sentindo minha xana úmida por cima da legging.

Ela estava molhada , meu tesão aumentou e minha boca foi descendo, minha lingua lambeu os bicos dos seios excitados por baixo da camiseta.
Arrepios e gemidos saiam da boca dela. Ficava imaginando aquela boca pequena, bem desenhada no meu pau. Levei minha mão por dentro de sua legging.

- Ahhh vem...me possui...me toca...safado...gostoso... - gemi em seu ouvido.
Meus dedos tocavam em seu grelo, movimentos circulares, penetrando um deles em sua boceta…
- Hum!!! Nossa está toda encharcada...humm gata ...que delicia...
- Isso gostoso me penetra com seus dedos. Me chupa vai safado…

A levei para o vestuário da Academia, lá tiramos as roupas apressadamente, nosso corpos quentes.
Minha língua procurou os bicos duros dos seus seios brancos, lambi, mordi, suguei os bicos.
- Hummm...vem quero sua língua... assim ahhh me chupa , tesãooo...aaaa

 

Ele desceu a língua pelo meu corpo quente e excitado, parando e beijando meu umbigo, foi descendo suavemente pelo meu corpo, um leve toque em minha virilha, e me arrepiei. Sua língua quente me tocava, descendo pelo meu joelho, voltando a subir com mais pressão, eu me contraia toda, tentando fechar as pernas, só que ele não deixava.
Sua boca subiu até a minha boca, beijando, mordendo meus lábios.
- Tesuda, gostosa...voce é deliciosa...
- Te quero...mais...vem logooo...aaa...
Ele continuava a passar a língua em meus seios, mordendo e descendo até minha virilha, arrepios intensos me percorriam, desejando e implorando sua língua em meu grelo.
Senti sua língua quente em meus grandes lábios, os movimentos em torno da minha buceta, por vezes tocando em meu clítóris, gemidos intensos saiam dos meus lábios ao senti-lo lamber e chupar minha buceta, a mordendo suavemente e penetrando o mais fundo que podia, o colocar dos seus dois dedos …bem fundos em movimentos circulares intensos.
Ele deu um ritmo mais que intenso e acelerado… eu já não me controlava mais.
  



 - Ahhh! Vou gozar....tesão... não para... me chupa ...vai safado…mmm...
Meu gozo saiu intenso,meus gritos e urros escandalosos, estava louca, mas mal gozei e ele foi logo me penetrando, entrou tudo e bem fundo de uma só vez, nossos gritos de prazer , estocadas fortes.
Depois de 4, seu pau estocava forte num vai vém alucinante.
 

Eu estava descontrolada, eu urrava, gemia, não demorou muito e gozei de novo, melando todo aquele pau que estocava fundo minha boceta.
Senti depois sua língua na entrada do meu cuzinho, que latejava e se contraía.
Com seu pau lambuzado do meu gozo, ele forçou um pouco a entrada do seu pau. A cabeça entrou e gritei bem alto.
- Aiii....
"Hummm, que grito sensacional, aquela fêmea no cio era deliciosa, com muita garra e prazer e num vai vém alucinante, até que num breve momento ela rebolou calmamente no meu pau duro, que cuzinho apertado e delicioso...
Sentando-se em cima de mim, seus seios deliciosos na minha cara, enquanto eu os chupava e lambia, ela arranhava minhas costas."
Delirando, eu me envolvi em uma louca cavalgada, de início lenta e intensa, o ritmo se intensificando e meu vai vém alucinante, eu me sentia uma fêmea selvagem , fora de controle, louca do mais puro tesão.
Nossos gemidos intensos e no mesmo ritmo.


Arranhei suas costas e um gozo intenso e gostoso nos envolveu completamente.
Suados, nos beijamos.
Ele estendeu uma colchonete e nos deitamos
- Gata, eu nunca tinha ficado tão louco quanto hoje, voce estava me deixando fora de mim há dias.
Ele me olhou de um jeito maroto, com um sorriso de menino, com olhares profundos e carinhosos, percorrendo meu corpo com suas mãos.
Por puro reflexo, inclinei seu corpo para trás, e aproximei.
Passei as mãos nele, segurei seu pau com força e ao mesmo tempo com delicadeza e o masturbei com movimentos intensos.
 


- Uiiii!!! Que delicia gata… continua vai…
- Seu safado…delicioso…
- Hummmm!!!hummmm
Suas mãos passaram por meus seios , minha boceta encharcada e louca pelo seu pau, já duro e grosso.
Coloquei-o para dentro da minha boceta gulosa, engolindo-o com maestria, rebolando em seu pau, coordenando todos os meus movimentos com os dele. Aos poucos um ritmo mais intenso e acelerado, junto com os nossos gemidos de tesão.
O vestuário com o cheiro do nosso sexo. Meu rebolado dando lugar a um avassalador vai e vem intenso e louco, nos aproximando de um intenso gozo. Nossos corpos quentes e unidos pelo grande desejo, nossos olhares penetrantes, e gozamos nos olhando olhos nos olhos e relaxamos.
Depois de um tempinho nos recuperamos e fomos para a ducha da Academia e ao sairmos abraçadinhos e rindo, qual não foi a nossa surpresa?



A Academia estava fechada. E agora o que faríamos?



Escrito por Ayesk@ 
Postado originalmente em 24/06/2011.

2 comentários:

Aprendiz do Desejo SC disse...

kkkkk
Eu aqui toda acessa com o conto e de repente, no final, eles trancados! Final inusitado...
Querida, deixa eu te contar um segredo... Já transei numa academia, ainda conto essa história... foi, como a personagem, Delícia! Rsrs
Beijinhos e um delicioso domingo para ti!
Ah! O que significa MQTDB? kkkkk

Ayesk@ disse...

rsrs Putz, ruivinh@ atrasou nesse comentário rsrs
MQTDB!!É MAIS QUE TUDO DE BOM!!!rsrs

Bjs doces,