segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

ENFEITIÇADA!


 
 
Como posso me entender? O que quero afinal?

O que desejo?

Após gozos explosivos, fluidos escorrendo pelas minhas coxas, gemidos, gritos, ofegos, respiração cortante e o corpo mole, largado, pós-coito...horas depois me vejo deitada...nua...sozinha...e contemplando a chuva que cai, o céu cinzento...e um aperto em meu coração me diz que busco algo e não sei o que é...

Voce...é algo que não esperava...entrou sorrateiramente em minha vida...de forma inexplicável...e com suas palavras enigmáticas, foi atraindo a atenção dessa que hoje lhe deseja, lhe quer, de corpo e alma...

Pensamentos libidinosos, pecaminosos, só de lembrar a nossa última noite ou tarde juntos...e meu coração dispara, minhas mãos ficam trêmulas, minha umidade desliza pelas minhas dobras vaginais e meu clitóris incha implorando novamente sua boca, sua língua....aaaaaaaahhhhhhhhh

Que feitiço usou...serás um Bruxo? Um Lúcifer transvestido de Anjo?

Quem é voce que me tira os pés do chão...que mexe com o meu corpo, a minha libido de forma tão intensa que só penso em voce, dia e noite, noite e dia!

Tirando meus pés do chão!!!

Não quero me entregar, não quero confiar....

Não quero me despedaçar...me quebrar...me dilacerar, por mais que voce vire minha vida do avesso e me faça feliz...!!!

Leia com atenção é para voce! Veja o que faz comigo, meu... Amor...meu ...Homem...Meu...Macho...Meu...Tesão...

Sou sua...Mulher...Sua...Fêmea no Cio...Sua... Mulher-menina...Seu Anjo...

Sinto o fluido do seu amor na pele

Num abraço sedento, quase desfalecido

Delírios, calafrios, ardência,

Sussurrando delicias no teu ouvido

No teu corpo sou fada, meretriz

Sedutora, seduzida, provocada, provocante

Prazer que transborda e emana ...

Do seu falo latejante...pulsante

Boca que te procura: ávida, louca

Entorpecida e dominante

Um gozo profundo prenuncia

Num vai e vem ofegante

Gemidos testemunhando

Toda loucura presente

Todo gozo que molha

Nosso encaixe indecente

Minhas entranhas atrevidas

De desejo e tesão escaldante

Provocam seu membro em riste

Sou fêmea no cio: provocante

Como flor se abrindo, me entrego

Insana, no seu corpo desfaleço

Em aventuras de louco encanto

Por voce, me viro do avesso

Quero seu calor, seu cheiro

Abro os olhos, voce presente

Felicidade de lado, solidão a dois

Seu coração ausente

O barco navega a deriva

E a solidão deita ao nosso lado

Tão perto, tão dentro, tão forte

Estamos tão sobrios e ao mesmo tempo tão distantes

Amo-te e tanto te desconheço

Aprisiono-me no passado

O que foi, sem nunca ter vivido

No êxtase do encantamento

O inesperado vindo do nada

E o barco antes sem vela

Sem porto, sem rumo

Sem andar ao sabor do vento

Corre a voce em aguas mansas

Sua respiração ofegante,

Eu ouço distante..

Porque sua invasão no meu corpo

Transporta-me para além da loucura.

Amante do meu corpo

Faz morada do seu prazer

Banha-me com seu amor

Magia... emoção!

A linguagem lasciva desnorteia.

Sem rumo, sem direção

Desliza-me em sua boca

Arroubos, arrepios...Tesão!

Conheces meu ritmo

E de tudo que sou capaz!







Escrito por Ayesk@

Nenhum comentário: