domingo, 8 de novembro de 2009

Encontros


Fui pro aeroporto ainda sem acreditar , pensava que ele não ia aparecer e que ligaria avisando que teve problemas no trabalho , ou pior ficaria esperando e quando chegasse em casa acharia um recadinho em off , minhas mãos suavam , nem sei como dirigi ate ali , minha amiga me ligava de cinco em cinco minutos pra saber se tinha dado certo , se ele ja tinha chegado , estava com ela ao telefone quando o vi surgir na minha frente , meu coração foi a boca , apenas falei que ele chegou e desliguei , estava a poucos passos de mim , lindo, ainda mais alto que eu imaginava , ficamos de frente um para o outro , apenas nos olhando ele tinha um sorriso lindo , acho que eu estava toda vermelha pois minhas bochechas queimavam,não consegui me segurar havia planejado lhe estender a mão e lhe dar um selinho , mas dependurei em seu pescoço e o abracei , ele me abraçou forte nossas bocas se encontraram de forma suave e intensa , e o desejo acumulado tomou conta de nossos corpos , o beijo cada vez mais intenso , nossas bocas se engoliam , sequer sentia meus pés no chão , acho que se ele abrisse os braços eu cairia nossas mãos percorrendo nossos corpos , dois corpos tentando ocupar um só lugar no espaço, um segundo de sanidade nos abraçamos forte e ele falou no meu ouvido..
- Melhor a gente sair daqui gatinha
- Vem comigo ! Ele apanhou a mala que havia soltado no chão e saímos abraçados rapidamente para o estacionamento , começava uma destas chuvas de verão , abri o carro ele guardou a mala , assim que ele fechou o bagageiro me encostou no carro ,me beijou e suas mãos subiam pelas minhas pernas eu desci as mãos por suas costas e puxava sua bunda me esfregando em seu corpo enquanto nossas bocas se engoliam, a chuva começa ..- Preciso de você!! sussurrei louca de tesão.
- Também preciso , vamos rápido . -dei a volta e entrei pelo lado do passageiro , ele entrou do outro lado
- Eu que vou dirigir? Não é você que conhece a cidade?
-Não estou em condições de dirigir ...nem sei como cheguei aqui ! - me inclinei no banco e apertava e alisava sua coxa o olhando de cima a baixo.
- Hummm ...to achando que você é uma barbeirinha - disse me puxando o queixo e me dando um selinho e uma mordidinha no queixo.
-Engraçadinho! - eu subi as mãos até seu pau que estava duro como uma rocha , deslisei os dedos sobre ele e depois apertei - empurra seu banco e deita! eu olhava para seu pau quando falei me virei para ele que sorria safado para mim , empurrou o banco e o deitou em um único movimento e eu ja avancei por cima do seu corpo cobrindo seu corpo com o meu , beijava sua boca , pescoço e esfregava minha bucetinha no seu pau , suas mãos puxavam a saia do meu vestido e foram para minha bunda..
- Aaaa.. minha maluquinha gostosaaa....sussurrou beijando minha orelha e percorrendo com os dedos o contorno da minha calcinha e depois apertando minha bunda enquanto me fazia relar mais forte ainda em seu pau que quase furava a calça.
-Hummm... eu não consigo esperar ...falei em seu ouvido ergui um pouco o corpo e arraquei sua camisa , ele desamarrou a frente do meu vestido e caiu de boca nos meus peitinhos , mamava como um bezerrinho , apertava os dois firme, e revezava entre eles chupando , roçando a barba, lambia o biquinho que doía de tão arrepiado de tesão e depois dava uma mordidinha e voltava a mamar . - Aaaaaaaaaaa... gostosooooo.. eu arranhava seu pescoço , apertava seu peito com outtra mão e rebolava relando em seu pau , gozei com ele chupando meus peitos sem nem tocar minha bucetinha encharcando ainda mais minha calcinha - Aaaaaaaaa - nos beijamos e eu fui com as mãos para abrir sua calça , fui para o outro banco e nós dois puxamos sua calça para baixo , seu pau saltou pra fora da cueca llindo , duro , as veias saltadas parecendo que iam explodir segurei a base me ajoelhei no banco e me aproximei a chapeleta vermelha ja escorrendo demonstrando sua excitação , olhava vidrada ele juntava meus cabelos com as mãos percorri meus lábios pela cabeça e rocei o meu nariz , ele gemeu ... olhei para cima e lambi a cabecinha sentindo seu sabor , suguei a cabecinha movimentando minha cabeça ..
- Aaaaaaaaaaa ..... desci percorrendo os lábios pelo cabo , lambi suas bolas , chupei , a posição não ajudava muito ele puxava meu vestido e deixou minha bunda a mostra virada para cima enquanto eu engolia seu pau sugando forte..- gostosaaaaa...aaaaaaaaa... suguei ate onde deu , deixava seu pau entrar e sair da minha boca , minha língua serpenteava em seu pau enquanto ele entrava e saía cada vez mais rápido da minha boca , sua mão ja pressionava minha cabeça , segurei a base e comecei a masturbalo acompanhando os movimentos com minha boca , engasgava , me faltava ar eu continuava punhetando e só lambia a cabecinha para respirar e voltava a engolir ele novamente , seus gemidos me deixavam mais louca de tesão e os meus eram abafados pelo seu pau , uma mão me pressionando a cabeça a outra percorria minha bunda , ia para meus peitos apertava e voltava para minha bunda - aaaaaa...levanta ...levanta eu quero ver você! me puxou o cabelo , beijou minha boca me ergui no banco e tirei o vestido ele me olhou, a calcinha vermelha transparente pequena quase não tampava nada me virou de costas no banco beijava minha bunda - deliciaaaaaa!! e desceu a calcinha seus dedos tocaram meu sexo me fazendo gemer , com uma mão dedilhava meu grelinho e com a outra apertava e puxava a banda da minha bunda beijando do meu rabinho ate minha buceta , nem sei como ele se abaixou no banco mas me puxava para trás , esfregava a cara entre minhas pernas , ia com a lingua em minha bucetinha e me fodia com ela , seu dedo pressionava meu rabinho tentando se alojar ali e com a outra mao abria minha bucetinha ,me lambia , sugava, dava mordidinhas.
- Aaaaaaa.... não para....aaaaaaa.... gozei em sua boca sentindo um arrepio por todo o corpo
- Vem gata preciso sentir você! me disse rouco de desejo me virei e me lancei em cima dele , beijando sua boca sentia meu gosto em sua língua ele se ajeitou no banco e eu me encaixei sobre ele fiquei passando seu pau em meu grelinho , rebolava ... gemia... ele gemia junto comigo , beijava e apertava meus peitos , boca, pescoço comecei a descer devagar ...parava rebolava e descia mais um pouco sentia seu pau rasgando minha bucetinha , meu corpo fervia ... toda arrepiada sentia ondas pelo corpo desci até mais ou menos o meio e subia e descia lentamente intercalando com algumas reboladas sem descer até o fim , estava louca pra sentir ele todo dentro de mim mas queria segurar um pouco estava prestes a gozar , e estava delicioso sentir minha bucetinha mascando seu pau enquanto eu subia e descia lentamente ele segurava meus quadris e observava seu pau me penetrando eu apoiada um pouco para tras na porta ele gemia , tentava empurrar os quadris pra cima mas eu me esquivava, minha cabeça ja girava ...
- Aaaaaa... buceta gostosaaaa,,,, senta gatinha ... aaaa...SENTA! Aaaa... ele me puxou mais para si , me prendeu pelos ombros e enfiou sem dó o resto todo de uma vez ... deu três golpes violentos ... precisos...sentia minhas carnes sendo abertas , rasgando dor e prazer ... prazer... gozei gritando de prazer assim que ele me penetrou fundo..
-Aaaaaaaaaaaaaa............ cachorrooo você está me rasgandoooo...aaaaa
-Aaaaaaa.... gostosaaaaa!!! Escandalosa assim todo mundo vai vir ver você gozar no meu pau .... goza gatinha ... goza no meu pau...
Nos beijávamos , gemidos , palavras desconexas , pulava em seu colo de encontro a seus quadris que me golpeavam sem cessar, eu apertava e arranhava seu peito , braços ,pescoço , suas mãos percorriam meu corpo , apertavam meu peito , me puxavam mais para si , corpos suados , grunidos , respiração descompassada eu gozava sem parar ja escorria em suas coxas ..
- Aaaaaaaaaa ... joguei o pescoço para trás uma onda subiu pelas minhas costas , meu corpo tremia , boca seca ,não parava de gozar apenas mexia os quadris não tinha mais forças para subir , meu corpo não obedecia .. seu rosto já estava vermelho , sua respiração alterada ..- Goza gatinho... goza... goza comigo .... aaaaaaaaaaaaaaa.. meu corpo desfaleceu sobre o dele ele me segurou abraçando e me puxando de encontro ao seu corpo e golpeou ainda mais forte, mordendo meu pescoço.

- Aaaaaaaaaaaaaaaaa ....gostosaaaaaaaaa!!! Ele ainda bombou algumas vezes , diminuindo o ritmo aos poucos ... sentia os jatos de porra me inundando eu só gemia caída em seu ombro , meu corpo todo vibrava ele me segurava firme , sentia as contrações de minha buceta em seu pau e ele vibrando dentro de mim , ficamos abraçados uns instantes eu acariciava seus cabelos ele as minhas costas , nossas respirações foram voltando ao normal acariciei seu rosto e nos beijamos ...
- Que bom que você esta aqui... precisava de você! disse abraçada em seu corpo
- Também precisava de você manhosa... minha gatinha maluquinha! - sorri para ele e me levantei do seu colo indo para meu banco , minhas coxas escorriam limpei com alguns guardanapos como deu e me abaixei para pegar meu vestido que estava no banco de trás ele ajeitava a calça , deu um tapa na minha bunda e falou:
- Se ficar com este traseirão pra cima vou querer mais aqui mesmo !
- Engraçadinho !!! Ri e joguei a camisa dele no rosto dele e vesti meu vestido lhe dei um selinho , ele me puxou e me deu um beijo de tirar o fôlego...
- Calma gatinho , agora dá pra esperar chegar ... Quero tomar um banho com você e te ter em uma cama com calma..
-É tudo que quero também , então vamos logo ... ele colocou o cinto e já foi ligando o carro..
- Viu minha calcinha?
-Não vai precisar dela gatinha ... sorri para ele que arrancou o carro me deitei em seu ombro e fomos conversando sobre sua viagem até o hotel e o depois é uma outra história ... que com ele é sempre cada vez mais gostosa ....

Escrito por AlicinhaBH

Nenhum comentário: