sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Confissões Eróticas: Luke

Continuação de Confissões eróticas: A Enfermeira e o Adolescente Virgem.

A vontade de senti-lo dentro do meu corpo era tanta, que comecei a beija-lo e esfregar meu corpo no dele. Não demorou muito seu pau que estava flácido após o boquete começou a reagir novamente ficando duro e ereto.

Eu toda cheia de tesão ; sentindo minha buceta piscar e pulsar querendo aquele volume de carne ereta e macia dentro dela, suspirando disse:

- Luke, quero sentir você me penetrando bem gostoso, atolando com tudo seu pau dentro da minha buceta. E quero ouvir uma música muito especial enquanto faz isso; você gemendo bem gostoso no meu ouvido...

Deitado com o pau ereto, o corpo jovem (o suor do seu corpo como um afrodisíaco), o montei encaixando minha buceta melada em toda a extensão do seu pau duro em seu ventre. Inclinando sobre ele segurei seu rosto com todo carinho e comecei a beija-lo ; lambia seus lábios, mordiscava-os e enfiando a língua senti o céu da sua boca, seu gosto, sua saliva.

Comecei a rebolar e sentir aquele pau duro na minha xoxota, continuamos nos beijando e fui penetrando mais e mais minha língua em sua boca, aumentando mais intensidade do beijo.Meus quadris aceleraram os movimentos, comecei a lamber seu pescoço e orelha, excitada e emitindo gemidos o deixei mais louco. E eu ouvia seus gemidos na minha orelha...que tesão!!! Ele bolinou meus seios redondos e brancos e começou a mamar. Lambia, chupava forte os biquinhos durinhos e vermelhinhos de tesão e dava mordidinhas. Não agüentando mais a vontade de tê-lo fundo na minha buceta, parei tudo e segurei no seu pau enquanto o fitava nos olhos e comecei a passar o cacete dele nela, fui forçando a cabeça e encaixei o pau na entrada melada da minha buceta lisinha, fui descendo bem devagar, sempre olhando pra ele, queria ver todas as suas reações. Continuei descendo sentido-o todo dentro de mim. Ele soltou um gemido gostoso, seus olhos se fecharam, ele gemeu novamente e tombou a cabeça pra trás, cravou os dedos na minha bunda com força... ah gemi !!!
Meu corpo subia e descia enfiando seu pau todinho na minha buceta apertada e quente, eu gemia muito, adoro cavalgar, sentir o pau ir bem fundo. Aumentei a velocidade dos movimentos sentindo-o atolar fundo a cada descida. Ele movido pelo instinto tão antigo da cópula, empurrava minha bunda pra baixo socando minha buceta no seu pau.

Eu o olhava e o prazer que via em seu rosto e seus gemidos me davam mais tesão, me levando à loucura. Ele forçava meu corpo na sua pica, o sentia batendo no meu útero devido as intensidades das suas arremetidas. Eu já estava quase gozando e ouvia o barulho da minha buceta molhada batendo no pau dele, ele gemendo mais alto a cada estocada. Enlouquecida pelo tesão e por saber que era a primeira vez dele, comecei a pular no seu pau atolando rápido e forte.

- Luke...ahhh goza...goza dentro de mim...quero sentir sua porra, seu leitinho dentro da minha buceta..ahh goza gostoso, goza... sou sua cadelinha, sua putinha, goza... - ele gemeu mais alto e senti seu corpo todo retesar e suas mãos apertarem com força minha bunda, continuei cavalgando-o , pulando e sentindo-o bem fundo, dei uma paradinha e desci devagar sentindo até as bolas dele na minha bunda e com as coxas em volta do seu corpo fiz pressão com a buceta, fazendo-o gemer mais alto.Continuei bem rápido, fazendo ele gemer mais e ouvi aquele gemido avisando que o gozo está vindo.

Fechei os olhos saboreando o prazer, o tesão e gozo que se aproximava. Sentia suas mãos me conduzindo, enquanto atolava todo seu pau dentro de mim. Num gemido alto e forte senti Luke esporrar seu jatos de porra dentro da minha buceta , gozei junto com ele, sua porra e meu mel misturados. Gemi junto com ele, ouvindo sua respiração rápida, ofegante e seus gemidos. Abraçando-o dei-lhe um beijo bem gostoso, enquanto nossas mãos acariciavam o corpo do outro.

Senti seu pau amolecendo dentro de mim. Soltei meu corpo no seu, minhas pernas moles como gelatina e a parte interna da coxa meia dolorida de tanto sobe e desce. Deitei-me ao lado de Luke, sentindo minha respiração ir apaziguando aos poucos.

Ele virou o corpo de lado e colocou as pernas pra cima me encoxando na posição de colher. Não falávamos e nem nos mexíamos .

Após alguns minutos, senti seu pau duro de novo e um soprinho no meu pescoço.

- Ayeska...

- Humhum...

- Obrigada por ser minha instrutora...

- Humhum...não terminei com você ainda Luke...

- Não?

- Não...falta mais algumas coisinhas – ao dizer isso, senti sua ansiedade aumentando pela dureza da sua pica que agora se encaixava no reguinho da minha bunda.

Dei uma reboladinha pra ajeitar e assim deixa-lo mais tesudo!

Deitei de barriga para cima e olhando-o nos olhos:

- Faça agora o que tem vontade, o que seus instintos de homem desejam fazer comigo...

E ele o fez, segurou e apertou um seio e mamava o outro.

Minha excitação começou a se manifestar deixando minha buceta orvalhada, sentindo seu corpo pelado e quente encostado no meu.

Meu gemidos cheios de tesão , por sentir sua boca esfomeada em meus seios e bicos.

Abri as pernas, coxas, querendo ser penetrada e queria mesmo; já melada de tesão.

Levei a mão até minha buceta e com o dedo indicador comecei a dedilhar meu grelinho.

“Ahhh que delicia...como é gostoso...”

Peguei sua mão que segurava meu seio e fui levando em direção da minha buceta.

Nossa!!! Luke deu uma mexidinha com o pau ao sentir minha buceta meladinha de tesão. Eu deitada molinha com as pernas abertas, Luke, enroscado em mim, chupando os bicos do meu seio e com os dedos na minha buceta.

- Nossa Ayeska, dá até pra escutar o barulhinho da sua buceta de tão molhada...

Eu o sentia passar os dedos por toda a superfície, ia até o clitóris, ele beijava meu pescoço me arrepiando mais e mais de tesão. os biquinhos dos seios durinhos.

Ele enfiou um dedo, ficou mexendo um pouco, e voltou pro clitóris, começou a esfregar gostoso. Eu me entortava toda na cama de tanto tesão.

Luke começou a me beijar, sugava os bicos dos meus seios, seu pau roçava na minha coxa e eu o sentia duro, quente . Ele esfregava minha xoxota tão gostoso que meus quadris começaram a rebolar e gozei gostoso na mão e dedo dele.

- Ayeska você está molhadinha...- disse surpreso com o mel que escorria.

- Luke meu anjo, se nunca chupou uma buceta, vai aprender a chupar uma agora...

Senti seu corpo se deitar sobre o meu, seu pau encostando na entrada melada da minha buceta, a glande roçando do grelo até a entrada.

Ahhhhhhh adoro, fico louca quando sinto um pau roçando desse jeito minha buceta e esfregando com a ponta da cabeça meu grelo...Me deixa completamente louca!!!

Enquanto sua boca me beijava:

- Luke...ah Luke, vem chupa minha bucetinha, chupa...estou louca de tesão..vem chupa...quero sentir sua boca, sua língua na minha buceta...

Parando de me beijar, ele foi beijando e lambendo meu pescoço, meu colo, meus seios, minha barriga e foi descendo até chegar na minha xoxota.

Senti um arrepio e segurando sua cabeça e arreganhando minhas pernas e coxas senti sua boca na minha buceta. Luke começou a lamber e eu a gemer bem gostoso.

Sua língua era macia, grande e quentinha. Ainda segurando sua cabeça senti suas lambidinhas até que ele achou o clitóris e começou a sugar e esfregar a língua nele.

Ahh foi a minha perdição!!!

Ele fazia direitinho, com a voz rouca pedi que colocasse o travesseiro por baixo do meu quadril para ficar mais alto e a cabeça dele bem posicionada.

Me levava ao delírio completo, comecei então a rebolar e ele sugava, chupava, abocanhava minha buceta toda.

Eu envergava minhas costas para trás, enquanto ele voltava pro grelinho.

Eu rebolava mais rápido pra cima e pra baixo.

- Ohhhhhh Luke como você chupa gostoso, não para..não para que vou gozar...ahhh delíciaaaaaaaaaa!!!

Gozei em sua boca, ele lambeu tudo, chupava que fazia barulhinho.

Fechei os olho e curti aquela sensação prazerosa e única.

Adoro gozar, adoro ter orgasmos que me tiram os sentidos.

-Ayeska...ah Ayeska quero te fuder de novo, te comer, te devorar, você é gostosa demais.
Fiquei de 4 na cama :

- Luke tesão... o que está esperando? Mete em mim e me faça sua putinha de novo...

Arrebitei a bunda pra trás e senti seu pau pincelando a minha buceta.

Rebolei devagarinho e fui sentindo seu pau abrir as dobras vaginais, até que suas mãos seguraram meus quadris com força e ele numa estocada penetrou-me fundo.

Gememos juntos e gostosamente. Ele foi metendo sem dó. Eu, gritava e gemia pedindo para ele ir mais fundo.

Ele bombava , gemia e entrava mais fundo na minha buceta. Senti uma das suas mãos amassando meu seio e a outra firme no meu quadril.

Senti seu pau atolado e pulsando, percebi que ia gozar:

- Assim , mais forte, me arregaça no seu cacete, enfia tudo, enfia todo esse caralho em mim...ah...ah...isso....bomba mais...não para que tô quase gozando... vai mais forte...isso...ahhhh....ahhhhh, nossa que pica gostosa...soca tudo, atola essa rola com vontade...na sua putinha...ahhhh

Luke metia muito forte e bem rápido, como eu gosto, tirava ele todo e enfiava inteiro na buceta, bem rápido... fui gemendo mais....o pau dele ia até o fundo da minha buceta que o mastigava.

Olhei pra trás e vi que ia gozar.

Gemi e pedi :

- Mais rápido...mais...maaaaaaaiiissss...- e já fui gozando de novo ouvindo aquele gemido gostoso dele e senti o pau pulsando dentro de mim e sua porra enchendo minha buceta. Me larguei toda na cama e de bruços senti seu pau ainda dentro de mim.

O gozo foi tão intenso que amolecida dormi sentindo seu peso em mim, sua boca e respiração no meu pescoço. Sentia o gozo escorrendo e assim deitados dormimos.

*Luke meu anjo lindo, espero que tenha valido a pena a demora.Beijos doces!
Escrito por Ayesk@

Nenhum comentário: