quinta-feira, 16 de julho de 2009

Fantasia de Ana




Selene,

Vou falar das minhas fantasias, fazendo um continho no qual me imagino te conhecendo pessoalmente. Você ainda não me disse de onde você é, dessa forma vou imaginar você vindo ao Rio de Janeiro e me conhecendo aqui, vou fantasiar, pois economizar sonhos eu acho bobagem. Eu não tenho muita facilidade, pois descobri meu outro lado depois de casada, e nem meu marido e muito menos minha família, não desconfiam de nada, ainda tenho vergonha e inclusive onde trabalho, ninguém nem desconfia dessa minha opção sexual.

Bem vamos descontrair, eu marquei com a minha nova amiga Selene de conhecê-la no Rio, ela chegou no final da tarde de uma sexta feira, eu fui esperar por ela no aeroporto, eu só a conhecia por uma foto que não focalizava seu rosto completo, e conhecia o bico dos seus seios, também por fotografia. Ela também tinha uma foto minha e a partir daí faríamos a identificação. Ela chegou linda, não tive duvidas que era ela, uma gata de óculos escuros, claramente eram o mesmo da foto, por trás do óculos uma mulher linda, além do que eu poderia imaginar, percebi que ela não usava sutiã e fiquei tentando espiar por entre sua blusa aqueles buquinhos de seios que eu tinha visto por foto, estava louca para pegar neles. Ficamos nos fitando por alguns minutos e após confirmarmos sermos quem pensávamos trocamos um longo abraço, evitei beijar-lhe a boca, embora tivesse tido muita vontade, para não provocar constrangimento para ela, e, também porque eu preferi ser discreta em público. Pegamos um taxi e fomos direto para o hotel em que Selene fizera reserva.


Chegando lá ela retirou sua blusa ficado somente de calça e, nessa hora notei, ela usava sim o sutiã, eu pendurei sua blusa num cabide e ela virando-se pra mim, me pediu: Aninha. Desabotoa meu sutiã pra mim! Fiquei atônita, eu iria retirar uma peça íntima do corpo daquela gata que eu tanto desejava e ainda teria contato com sua pele macia. Minha mãos tremiam que demorei a conseguir desabotoar seu sutiã, nesse tempo fiquei roçando minas mãos em suas costas, tive impressão que a respiração dela tornou-se mais ofegante, quando a Selene se virou de frente tive que engolir em seco, seus seios eram mais lindos do que eu imaginava, ela calmante desceu o fecho de sua calça e retirou-a. Aquela linda ninfeta tão desejada estava apenas de calcinha na minha frente, e sua calcinha era tão pequenina que pouco escondia daquele corpo lindo e maravilhoso.

Selene então me perguntou: - Devo tirar também a calcinha e tomar banho agora???

Isso me deixara nas nuvens, quase me fizera gozar só de imaginar me esfregando naquela delícia. Cheguei perto dela e passei a mão na sua calcinha e vi que estava bem úmida, disse a ela que era melhor tirar sim e tomar um delicioso banho. A danadinha fez algo que me deixou completamente louca, pegou minha mão e passou pela frente da sua calcinha, dizendo: - Olha só como tá molhadinha!! Minha mão deslizou por cima de sua xana, estava realmente molhada, eu disse a ela: - É melhor tirar. Dizendo isso me abaixei e comecei eu mesma a retirar as última peça, afinal de contas eu tinha tirado seu sutiã, que mal faria completar o serviço?? Que coisa linda aquela gata, que corpinho maravilhoso, que bundinha linda, redondinha, assim como todo seu corpinho,

Depois disso comecei a retirar minha roupa, tirei primeiro minha blusa, aproveitei e pedi a ela que tirasse meu sutiã, ela fez da mesma forma que eu tinha feito nela, depois que tirei minha calça, ela própria se abaixou e retirou a minha calcinha, eu pingava de tanto tesão, acho que ela percebeu isso.

Aí começou a maior rasgação de seda, uma elogiando a outra. Eu tomei coragem e disse pra ela, você está tão linda que se eu estou cheia de vontade de te comer agora mesmo, não consigo resistir. Foi aí que ela me deixou completamente maluca, pois disse que se também ela também estava doidinha por mim. Então olhei bem fixamente os olhos dela, bem pertinho de seu lindo rostinho, e disse-lhe: - Selene, olhe pra mim .


Depois disso aproximei meu rosto do dela, nossos lábios se roçavam meu corpo tremia, acho que o dela também, ela estava imóvel, seus lábios começaram a se abrir, que boquinha linda, que suavidade, eu era o tesão em pessoa, minha língua começou a sair da minha boca e encostar em seus lábios, ela correspondeu e sua língua procurou a minha, a partir desse momento nós nos perdemos uma nos lábios da outra, foi um beijo de língua de mais de quinze minutos, em que nos abraçávamos e acariciávamos o corpo uma da outra, uma tocando os seios e a xana uma da outra, pude perceber que não só minha buceta estava pingando de tesão, a dela também estava.

Deitei-a no chão e encaixei minhas pernas nas dela e então nossas xanas molhadas começaram a se esfregar uma na outra, que sensação deliciosa, Selene é muito bonita, meu tesão aumentava e eu me esfregava mais e mais na xoxotinha dela, ele gemia de prazer e dizia que jamais sentira tanto prazer, ela curvou seu corpo e me puxou para perto dela, procurava meus lábios, queria ser beijada enquanto nossas bucetas fudiam uma a outra, nossas bocas se tocaram, nossas línguas roçavam uma na outra enquanto nossos sexos também se esfregavam gostosamente, ficamos assim por vários minutos até que começamos a gozar loucamente quase que simultaneamente, foi um orgasmo pra lá de delicioso, nossos gritos eram abafados pelas bocas uma da outra.

Notei que Selene estava extasiada, tinha adorado e não queria deixar de modo algum quebrar aquele encanto, ela ainda se recuperava do orgasmo e eu me posicionei por sobre sua xaninha sedente e comecei o primeiro banho de língua que ela receberia de mim,, em pouquíssimo tempo ela estava acesa de novo, gemia como uma louca, eu já tinha muita experiência em lamber xoxotas e caprichava o máximo naquela gata, eu lambia toda a extensão de sua racha, de cima em baixo e vice versa, por vezes rebolava minha língua e seu grelinho, e ela se acabava de rebolar na minha língua, berrando sem parar:

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Me chupa gostoso Aninha vaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii


Chhhuuuuuuuuuuuppppppaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Que delíiiiiiiiiiiiiiiiicccccccccccciiiiiiiiiaaaaaaaaaaaaaaaa

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Depois de alguns minutos de gritaria ela teve um novo orgasmo, tão intenso quanto o primeiro, sendo que era a primeira vez que gozava na minha língua. Ela ainda estava quase sem respiração e me dizia que nunca imanara na vida que poderia ser tão gostoso ser chupada por mim, suas expectativas tinham, sido superadas.

Aproveitando-se disso, eu nem pesei duas vezes, me posicionei por cima dela encaixando minha xana em sua carinha linda e disse-lhe: - É toda sua minha gata gostosa, dá um trato gostoso na bucetinha da tua Aninha, dáaaaaaaaaaa.

Ela abriu sua boquinha e sua língua encontrou de cara o meu grelo, soltei um grito:

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Gostoooooooooooossssssssssssssssaaaaaaaaaaaaaaaa

Me chupa gata gostosa, chupa tua Aninha vaaaaaaiiiiiii

Chhhuuuuuuuuuuuppppppaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Que gooooossssssssttttttoooooooosssssssoooooooooo

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Ela me fazia delirar de tanto prazer, tanto que em pouco tempo me acabei de tanto gozar naquela boquinha.

Depois disse a ela, agora vou te mostrar uns brinquedinhos que trouxe comigo, tenho certeza que você vai adorar.

Eu peguei um consolo grande daqueles de enfiar uma cabeça em cada xana, também um pênis falso para amarar na cintura e imitar o macho da situação e por último um vibrador em forma de pênis. Falei que ela relaxasse pois iria sentir muito prazer, deixei ela escolher o briquedinho que gostaria de experimentar primeiro, ela me disse que mantivesse a mesma ordem que os tirara da bolsa. Dessa forma pedi que ela ficasse de quatro no tapete da suite, enfiei em sua xana a cabeça daquele consolão duplo e comecei a fazer vai e vem deixando ela louca de tesão, em seguida me posicionei também de quatro, em posição oposta a ela, encaixei a outra cabeçona na minha xana e começamos um movimento de vai e vem uma na direção da outra, notei que ela adorava, pois berrava de prazer.


Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Gostoooooooooooossssssssssssssssaaaaaaaaaaaaaaaa

Me fode Aninha vaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Fooooooooooooddddddddddddddeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Tá gooooossssssssttttttoooooooosssssssooooooooooooo

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Ficamos assim por vários minutos, mas como já tínhamos nos acabado de tanto gozar, conseguimos segurar nossos orgasmos e apenas fizemos aumentar nosso prazer.

Interrompi nossa brincadeirinha e disse a ela que estava na hora de experimentar o segundo brinquedinho, então coloquei em mim o pênis falso, pedi que ela ficasse debruçada numa mesa que tinha na suíte, abri bem sua perninhas, antes de enfiar aquele cacete naquela gata dei várias lambidas em sua xana e seu cuzinho, ela rebolava e gemia gostoso, então eu encostei a cabeçona daquela pica eu sua xana e comecei a roçar com movimentos pra cima e pra baixo, ela delirava de tesão e pedia para eu meter logo na sua bucetinha. Ela gritava:

- Me foooooooooddddddddeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

- Aniiiiiiiiiiinnnnnhhhhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

- Vaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiii fooooooddddddddeeeeeeeeeeeee

Eu então enfiei de uma só vez naquela xana molhada aquele cacetão enorme, ela berrou alto e enquanto eu fazia movimentos de vai e vem contra seu corpo, ela se arreganhava toda e também movimentava seu corpo de encontro ao "meu" pênis, ela delirava.

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Me fode gostoso Aninha vaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii


Foooooooooooooooddddddddddeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Que delíiiiiiiiiiiiiiiiicccccccccccciiiiiiiiiaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Dessa vez ela não resistiu e gozou feito uma cadelinha no cio, ficando molinha sobre a mesa.

Ainda faltava ar o terceiro brinquedinho que eu tinha pego, aproveitei que ela estava distraída e totalmente relaxada e enfiei aquele vibrador em forma de pênis em sua xana. Ela estava muito molhada e a penetração foi bem fácil. Ela pensava se tratar do mesmo consolo que eu tinha amarrado em mim e penetrado nela, mas quando liguei o virador eu acordei de novo aquela delicia de mulher. A medida que o pênis vibrava em sua buceta ela se contorcia toda e voltou a berrar.

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Que louuuuuuuuucccccuuuuuuuuuuurrrrrrrrraaaaaaaaaaaaaaa

Que gostoooooooooooosssssssssssssooooooooooooooooooo

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Aí Aninha assim você vai me deixar maluca aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

De repente eu retirei da sua xana e enfiei o vibrador ainda ligado em seu cuzinho, antes disso eu tinha enfiando um dedo enquanto a deliciava com o vibrado na xoxota, mesmo assim ela tinha um cuzinho muito apertado e a penetração foi lenta, só que ela continuava rebolando e se abria e relaxava ao máximo facilitando a penetração em seu rabo, quando esse já estava todo em seu cuzinho ela não resistiu a outro orgasmo.


Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Eu vooouuuuuu goooooozzzzzzzzzaaaaaaaaaarrrrrrrrrrrrrrrrrr

Pellllllllllllllloooooooooo ccccccccccccccccuuuuuuuuuuuuuuu

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Aíiiiiiii Aniiiiiinnnnnhhhaaaaaa eu tôooooooooooooooooo

Goooooozzzzzzzzzaaaaaaaaaaannnnnnnnnndddddddooo

Aíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Huuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Ela se contorceu tanto enquanto gozava, que eu apenas tocando em me grelinho gozei intensamente junto com ela, depois ficamos as duas descansando abraçadinhas na cama da suíte.

Escrito por AninhaGataLinda

Nenhum comentário: