terça-feira, 14 de julho de 2009

Estranho dentro da noite



Estava muito calor...Após uma ducha fria deitei-me nua na cama, meu corpo exalava um cheiro de baunilha e chocolate, meus seios com os biquinhos rosados e duros...Adormeço com a brisa entrando pela janela aberta...um calor de verão e um cheiro de maresia perto do local em que eu estava naquelas férias....Dormindo, sinto algo entre minhas coxas me fazendo sonhar, meu sexo depilado e sensível emudecendo de tesão...Sonho ou realidade? Com os olhos enevoados vejo uma cabeça entre as minhas pernas, a seguro sentindo a maciez dos seus cabelos em minhas pequenas mãos, uma língua voraz lambendo, mordiscando , abrindo as dobras da minha vagina orvalhada...minha respiração fica ofegante...coração acelerado e minhas mãos apertam o lençol entre os dedos...de repente sinto um dedo dentro da minha feminilidade e começa a socar com carinho, comprimo meu bumbum e ventre tentando segurar aquele dedo grosso e molhado com o meu suco...sinto lábios quentes subindo pelo meu corpo, lambendo, brincando com os bicos duros dos meus seios redondos...descendo de novo pelo meu corpo branco, meu mel escorrendo com abundância entre as minhas coxas, sinto o suor escorrendo e logo em seguida uma língua brincando com meu clitóris, lambendo minhas dobras, a língua penetrando minha xoxota dando soquinhos, sinto um orgasmo louco, desvairado...mas não tenho tempo de me recuperar...meu amante desconhecido, com a pele macia e suada penetra meu sexo com seu membro teso, preenchendo-me totalmente... e começa mais uma viagem para um gozo selvagem, um vai-vém sem fim...estocadas firmes ....gemidos ....com as pernas ao redor do seu corpo, trago aquele corpo firme sentindo o seu membro me preenchendo, começo a comprimir meu sexo segurando-o com força dentro de mim ....seus gemidos, sussurros , palavras cheias de tesão em meu ouvido e de repente sinto aquele gozo forte me preenchendo inúmeras vezes...desfaleço de satisfação ...de repente acordo....molhada, suada, coração disparado...sozinha naquela cama enorme e apenas o cheiro de sexo no ar e a brisa no quarto......Apareça estranho que povoa meus sonhos...

Escrito por Ayesk@

Um comentário:

H. Goebel disse...

Ótimo conto Ayeska. Adorei. Estou seguindo seu blog